ECONOMIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Japão cria nicho turístico: ’Pompa nupcial a solo’ para solteiras sem par 21 Abril 2022

A clientela "tem sempre razão" é uma regra comercial que cada vez mais se estende por várias esferas da vida. Por exemplo, esta: quer brincar de casar e não tem par? Arranjamos tudo, responde a ’Travel company Cera Travel’ em Kyoto, a antiga capital do Japão.

Japão cria nicho turístico: ’Pompa nupcial a solo’ para solteiras sem par

Em entrevistas à imprensa britânica deste fim de semana, o serviço inovador ’Solo Wedding’ apresenta-se como a resposta , mercadológica, para as mulheres que querem continuar solteiras e ao mesmo tempo ter a experiência que a tradição instituiu para as noivas.

São mulheres com grande poder de compra, derivado da sua dedicação profissional. Logo, para elas o casamento é mesmo "só coisa de brincar". Brincar de noiva a viver o seu "grande dia" desde o vestido, flores e demais acessórios, as iguarias, as músicas, a primeira noite da lua-de-mel num glamouroso quarto de hotel com todas as mordomias. Tudo sozinha.

Quanto custa a brincadeira? Não é para todos os bolsos, já que cada pacote de dois dias custa perto de 300 mil ienes (mais ou menos o mesmo em CVE).

Um porta-voz da empresa enalteceu "a autêntica experiência única proporcionada às nossas clientes".

"Estamos orgulhosos do serviço profissional que prestamos. Correspondemos àquilo que as nossas clientes sonham". A funcionar desde esta primavera, a empresa conta já com "dez clientes satisfeitas".

’Todos os detalhes são cuidados por profissionais do ramo. Se a cliente quer um vestido branco de noiva e um "noivo" para a fotografia é isso que vai ter. Se quiser vestir-se como uma gueixa também providenciamos e incluímos o cenário histórico das Geishas’.

Fontes: BBC/Daily Mail

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project