INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Japão tem recorde de baixa natalidade — "População juvenil escolhe manter a virgindade" 04 Junho 2022

O anterior recorde de baixa natalidade foi o de 1899. Em mais de 120 anos, nunca nasceram tão poucos bebés no Império Nipónico, anunciou hoje o governo com base num relatório sobre a crise demográfica causada por uma "população juvenil que prefere manter a virgindade".

Japão tem recorde de baixa natalidade —

Os dados divulgados hoje pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Segurança Social indicam 811.604 nascimentos em 2021, o que representa menos 29.231 bebés que no ano anterior.

A nupcialidade também está em baixa: em 2021 registaram-se 501.116 casamentos, menos 24.391 que em 2020. É a maior baixa dos últimos 80 anos, alarma-se o governo.

Um estudo demográfico anterior mostrou que 42% de homens e 44,2% de mulheres entre os 18 e os 34 anos eram virgens, o que fez as manchetes dos media internacionais.

Gozar a mocidade

Há cerca de uma década que os dados demográficos têm vindo a mostrar que os jovens nipónicos adiam o máximo possível "a entrada na vida adulta tradicional", ou seja o matrimónio e parentalidade, pois "querem gozar a mocidade".

Estatísticas mais recentes (2019 ) indicam que 25% dos japoneses entre os 20 e os 49 anos nunca se casaram. E embora muitos do grupo expressem que desejam um dia casar-se, isso é adiado o máximo possível, o que compromete a possibilidade de gerar filhos.

Fontes: Japan Times/Xinhua

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project