OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Jogos de poder: Crise política na hora certa 05 Maio 2019

Um bom manual de ciência política ensina como fazer, pois nessa arena, cada vez mais rotativa, ganha o jogo quem arrisca o ás – isto terá pensado a direção do PS, que sustenta o governo de António Costa.

Jogos de poder: Crise política na hora certa

Por: Luiz Cunha

Panem circensesque: pão e circo em Roma. Na Rede, esfera ubíqua, multiforme e omnipresente, o espectador é contribuinte, eleitor perene de eleito rotativo… entrega tudo ao Príncipe (do turno) que o convencer.

Em plena campanha para as Europeias do próximo dia 26, esta cartada tem ousadia q.b. — como se diz nos manuais de cozinha — e deve conseguir o objetivo: melhorar o score eleitoral do PS, roubando votos ao centro-direita (PSD e CDS).

Afinal, diz o primeiro-ministro e estratega político A. Costa, o ónus passa não para os que foram coerentes com a sua posição de sempre, mas sim para os que mudaram. Sobretudo, de entre os dois referidos, o partido do arco-do-poder.

Aprendeu lendo, pois o líder tem de ser leitor. A lenda do cavalo troiano, que afinal era uma armadilha grega para troianos (Foto: interpretação do Tiepolo pai).

O constitucionalista Marcelo

Os demais constitucionalistas, entre eles Vital Moreira, levantaram-se advertindo para, até mesmo já clamando contra, a violação do princípio da igualdade. Antevisão pois de que enfermeiros, forças da ordem, as outras classes também muito reivindicativas, iam pedir o mesmo.

E pelo meio veio um Joge Novais contestar que não, que não haveria violação do princípio da igualdade. Até podia ter acertado no teor, mas errou no momento. Antes de ele abrir a boca, já as tais classes reivindicativas pediam o mesmo que os professores tinham aparentemente obtido.

Agora esperem ouvir o loquaz constitucionalista Marcelo, de súbito em silêncio.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project