SERÁ NOTÍCIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Jorge Neto mostra sinais de recuperação do estado de saúde 19 Janeiro 2020

Jorge Neto acordou, esta sexta-feira, 17, do coma profundo em que se encontrava, desde há cerca de vinte dias e já reage a estímulos externos. A informação foi confirmada ao Expresso das Ilhas pelo produtor musical Augusto Veiga, adiantando que Jorge Neto já foi transferido para o Hospital Egas Moniz, em Lisboa, onde terá melhores condições para a sua recuperação.

Jorge Neto mostra sinais de recuperação do estado de saúde

“Gugas Veiga”, garante que recebeu uma mensagem da esposa do artista, dando conta que acordou do coma profundo em que se encontrava desde o dia 31 de Dezembro do ano transato, e que já consegue mexer os dedos das mãos. “Já é uma boa notícia, pelo facto facto dele ter saído de coma, mostra sinais de recuperação do seu estado de saúde e isso, já é um sinal positivo”, nota o “manager” do cantor, citado por Expresso das Ilhas.

Questionado sobre um eventual regresso de Jorge Neto aos palcos, o maneger ressalta que isso irá depender da forma como o estado de saúde do artista irá evoluir-se nós próximos dias. “Por ora o mais importante é a sua recuperação”, observa.

Recorde-se que o cantor encontrava-se em coma induzido, num hospital de Lisboa, depois de ter sofrido um duplo AVC. Jorge Neto tinha-se sentido indisposto no Aeroporto de Lisboa, no dia 30 de Dezembro de 2019, quando se preparava para viajar para Cabo Verde, onde tinha um concerto agendado na Cidade do Mindelo, em São Vicente, tendo sido então impedido de viajar por esta doença repentina.

Convém ainda referir que em 2012, Jorge Neto tinha sido hospitalizado em Lisboa com uma subida, “inesperada”, de tensão arterial e um AVC, pelo que foi submetido a cuidados médicos intensivos durante um longo período.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project