ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Jorge Santos em Santo Antão : Continuam as marcas das torturas da ditadura do Partido Único 02 Setembro 2018

O Presidente da Assembleia Nacional de Cabo Verde, Jorge Santos, afirmou, na sexta-feira, 31 de Agosto, que “continuam as marcas das torturas da ditadura do Partido Único”.

Jorge Santos em Santo Antão : Continuam as marcas das torturas da ditadura do Partido Único

Numa publicação efectuada na sua página do Facebook, Jorge Santos afirmou que o dia 31 de Agosto deve ser lembrado por todos os cabo-verdianos, como “um dia negro” na história recente de Cabo Verde.

“Dia em que o povo de Santo Antão, revoltado contra os seis anos da ditadura de Partido Único do PAIGC/PAICV, manifestou-se pela liberdade e exigindo os seus direitos de cidadãos”, escreveu Jorge Santos citado pela Inforpress.

O presidente da Assembleia Nacional prosseguiu, afirmando que aquela “manifestação pacífica e ordeira” foi “violentamente e brutalmente” reprimida pelas Forças Armadas do Regime Ditatorial de Partido Único, “assassinando barbaramente um simples agricultor da Garca”, de nome Adriano Santos.

Adriano Santos, afirmou Jorge Santos, morreu “por uma rajada de AKM no peito, tombando morto em Boca de Figueiral”.

“Sucederam torturas, prisões arbitrárias e julgamentos no Tribunal Militar e nos tribunais populares de centenas de Santantonenses inocentes”, prosseguiu a mesma fonte, frisando que “continuam as marcas das torturas da ditadura do Partido Único”.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project