Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

José Maria Neves: Estou pronto a assumir com humildade as responsabilidades do cargo de Presidente da República 18 Outubro 2021

José Maria Neves é o novo Presidente da República de Cabo Verde, eleito com 51.5 %, logo na primeira volta das presidenciais deste domingo,17 de outubro. Na sua primeira comunicação à Nação, Neves anuncia estar pronto para «assumir com toda a humildade as responsabilidades do cargo de PR», prometendo ser um Presidente amigo, parceiro e que une, cuida e protege.

José Maria Neves: Estou pronto a assumir com humildade as responsabilidades  do cargo de Presidente da República

Conforme os dados provisórios, JMN venceu de forma inequívoca em quase todas as ilhas, com excepção de Sal, São Nicolau, Maio e Brava. Na diáspora, Neves teve vitória expressiva na África, Europa e Resto do Mundo. Falta apurar o círculo das Américas – Carlos Veiga ganhou no Brasil e na Argentina. Mas resta contabilizar a votação dos EUA, onde JMN pode sair vitorioso e ganhar assim o círculo das Américas.

O novo Chefe de Estado de Cabo Verde agradece o apoio expressivo que recebeu do povo cabo-verdiano e anuncia assumir o cargo com humildade e responsabilidade. «Estou pronto para assumir com toda a humildade as responsabilidades do cargo de Presidente da República. Irei ser um Presidente amigo, um Presidente parceiro, um Presidente que une, que cuida e que protege. Um Presidente de todos os cabo-verdianos e de todas as cabo-verdianas», sintetizou JMN, sob aplausos dos seus apoiantes, na sua primeira comunicação à imprensa como novo Chefe de Estado de Cabo Verde.

Neves agradeceu ao povo de Cabo Verde pela confiança nele depositada com a sua eleição como Presidente da República. «Devo também antes de tudo agradecer ao povo de cv por esta grande confiança. Foi na verdade um grande apoio para que juntos possamos a enfrentar os enormes desafios que Cabo Verde tem nestes novos tempos».

Desafios e apelo para «junta mon» de todos

Perante a crise, que foi gravada pela pandemia de covid-19, JMN justifica que é preciso um « junta mon« de todos os cabo-verdianos e cabo-verdianas para se vencer os principais desafios do país. «Um junta mon de todos os órgãos da soberania, das autoridades locais, das empresas, dos sindicatos, das universidades, das fundações, dos partidos políticos, das ongs, enfim de toda a sociedade civil e dos cidadãos para enfrentarmos os desafios que se colocam a todos nós».

José Maria Neves diz ser uma enorme responsabilidade presidir Cabo Verde nestes novos tempos. «Devo dizer também tratar-se de uma enorme responsabilidade presidir a nação cabo-verdiana nestes tempos. E recebo essa vitória com uma grande humildade que sempre me caracterizou e assumo-a como missão de servir Cabo Verde».

Na hora de sarar as feridas depois das champanhas eleitorais, o novo inquilino do Palácio do Platô anuncia que quer ser um presidente de todos os cabo-verdianos. «Quero ser um presidente que une, que protege e que cuida. Os cabo-verdianos e as cabo-verdianas podem contar comigo. Com toda a humildade, serenidade e enorme responsabilidade, trabalharei para unir os cabo-verdianos. Serei o PR de todos os cabo-verdianos, serei um árbitro imparcial, um fiscalizador da ação governamental, um apaziguador de conflitos. Um PR que irá trabalhar com o governo e com as autoridades locais e com a sociedade cabo-verdiana para juntos fazermos face aos desafios. Um presidente que irá sugerir, que irá conciliar e apoiar os outros órgãos da soberania, particularmente o governo».

Neves garante ainda que quer ser um PR que irá dialogar com todos e trabalhar para unir a Nação Global cabo-verdiana. «Somos uma nação diaspórica, um estado transnacional. Somos todos transmigrantes e precisamos colocar todas essas competências e capacidades ao serviço da nação global cabo-verdiana».

PR de todos e agradecimentos

Além de agradecer toda a sua equipa de campanha pelo excelente trabalho que conduziu à sua vitória no país e na diáspora, José Maria Neves agradeceu ainda o apoio do PAICV à sua candidatura, bem como de muitos militantes, dirigentes e amigos do PTS, da UCID e do MpD. «Esta candidatura foi transversal e precisamente por isso vou ser o presidente de todos os cabo-verdianos», garante.

JMN fez questão de ainda felicitar a participação de todos os outros candidatos vencidos nessa jornada cívica, que foi as presidenciais, permitindo enriquecer esse processo eleitoral. «Já recebi um telefonema do Dr Carlos Veiga, felicitando-me pela vitória e colocando-se à disposição de Cabo Verde. E quero contar com Dr Carlos Veiga e com todos os outros candidatos para juntos trabalharmos para Cabo Verde».

José Maria Neves destacou ainda a conversa que teve com o sr PM sobre o resultado dessas eleições. «Conto poder contar com o Governo com a lealdade necessária para juntos enfrentarmos os desafios que se colocam a Cabo Verde».

José Mara Neves agradeceu também o telefonema que recebeu do PR Jorge Carlos Fonseca e da Primeira Dama Lígia Fonseca, felicitando-lhe pela sua eleição como novo PR de Cabo Verde. « Deverei, nos próximos dias, ter um primeiro encontro com o PR Jorge Carlos Fonseca para conversarmos sobre um conjunto de questões que se referem a Cabo Verde e ao seu futuro».

Para além da conversa com vários membros do governo de António Costa, JMN revela que falou com o PR de Portugal, Marcelo de Rebelo de Sousa, que o telefonou para felicitar pela vitória. Disse que convidou Rebelo de Sousa para estar presente no ato de posse do novo Presidente da República de Cabo Verde.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project