Presidenciais 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

José Maria Neves conquista a maioria dos votos em 17 mesas na ilha da Boa Vista 18 Outubro 2021

Das 22 mesas de assembleias de voto, distribuídas em toda a Boa Vista, o candidato José Maria Neves conquistou a maioria, em 17 mesas de voto, enquanto que Carlos Veiga sobressaiu em 5 mesas. Já as restantes candidaturas, Fernando Delgado, Casimiro de Pina, Hélio Sanches, Gilson Alves, que granjeou o terceiro, quarto, quinto, sexto e sétimo lugar, nesta ordem, não conseguiram conquistar nenhuma das mesas na ilha.

José Maria Neves conquista a maioria dos votos em 17 mesas na ilha da Boa Vista

Conforme os dados provisórios da comissão Nacional de eleições (CNE) divulgados no site do Nosi, José Maria Neves conseguiu sobrepor-se aos candidatos adversários em 17 mesas de assembleia de votos, na ilha das Dunas, enquanto que Carlos Veiga, apoiado pelo Movimento para a Democracia (MPD) se destacou em 5 mesas. Já os restantes candidatos não conseguiram sobressair em nenhuma das mesas de assembleia de voto.

Na mesa do Liceu – Bloco 2 (BV-A-06), situada em Sal Rei, José Maria Neve recebeu o maior número de votos (118), enquanto que Carlos Veiga conseguiu a maioria (104) na escola Primária de João Galego (BV-F-01). Já o Fernando Delgado teve o maior número de votos na mesa (BV-B-02) do centro de juventude, em Rabil (12 votos), Casimiro de Pina nas mesas do Liceu de Sal Rei (BV-A-07) e Escola Nova (BV-A-13) com 5 votos cada. Hélio Sanches alcançou o maior número de voto (que foram 4 votos cada) nas mesas do salão Nobre da Câmara Municipal de Boa Vista (BV-A-03) e Liceu – Bloco Tchethénia (BV- A – 12). Quatro (4) votos cada foi o número máximo que Gilson Alves conseguiu conquistar na mesa do Liceu - Bloco 1 (BV-A-05). Joaquim Monteiro auferiu o maior número de votos (que reflete a 3) na Escola primária de Fundo das Figueiras (BV-G-01).

Ao fazer uma leitura minuciosa dos dados das eleições deste domingo, 17, na ilha, o Diretor de campanha de Hélio Sanches, Joel de Pina, disse que respeita a escolha do povo, apesar de acreditar que as pessoas ainda vivem muito na "onda dos partidos políticos".

"Nós somos muito complicados porque nós dizemos que queremos mudança, mas no final sempre o voto é nos mesmos. O sistema de partidarismo acaba por dificultar muito, ainda há muito tabu em relação a este assunto. Ao longo da campanha as pessoas dizem que estão fartos, dos mesmos, mas no final das contas as pessoas votem nos mesmos. O número de abstenção em Cabo Verde também foi muito grande e deixou muito a desejar", reiterou.

Já a Mandatária de Carlos Veiga, na ilha da Boa Vista, Elisabete Évora, salientou que respeita os resultados uma vez que, numa democracia o povo é quem decide. Mostrou-se ainda bastante preocupada com a taxa de abstençao que segundo a fonte está "preocupante".

"No terreno as pessoas manifestaram algo totalmente diferente, mas estamos numa democracia e a população é quem decide quem vai vencer. O que resta agora é respeitar a decisão e trabalhar cada vez mais para que as coisas melhorem. Entretanto, a taxa de abstenção está muito alta e é algo muito preocupante, o que mostra que as pessoas estão muito descontentes", frisou.

Quanto à candidatura de José Maria Neves, candidato vencedor das presidenciais deste domingo, 17, não foi possível chegar à fala com o Diretor de Campanha local.

Na ilha das Dunas, José Maria Neves conseguiu obter o maior número de votos (2014 correspondente a 56.5%) enquanto que Carlos Veiga ficou em segundo lugar com 1.322 votos (37.1%), seguidos de Fernando Delgado com 68 votos (1,9%), Casimiro de Pina com 59 votos (1,7%), Hélio Sanches, 48 votos (1,1%), Gilson Alves, 32 votos (0,8%) e Joaquim Monteiro com 19 votos (0,7%).

No total dos 7868 eleitores inscritos nos cadernos eleitorais da ilha, somente 47,8% (3.717) das pessoas exerceram o direito de voto, contabilizando assim uma taxa de abstenção de 52,2% (correspondente a 4.151 eleitores).

A ilha registou ainda 34 votos nulos (correspondente a 0.9%) e 121 votos brancos (2.3%).

A nível global, Neves conta com 51.7% dos votos, correspondente a 95.221, relegando Carlos Veiga para o segundo lugar com 42,4 % (78.142), seguidos de Casimiro de Pina com 1,8% (3.321), de Fernando Rocha com 1,4% (2.514), Hélio Sanches com 1,1% (2.112), Gilson Alves, com 0,8% (1.552) e de Joaquim Monteiro com 0,7% resultante dos 1.374 votos conquistados.

LC/Redação

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project