POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

JpD diz que OE2023 é o orçamento possível tendo em conta à crise internacional 09 Novembro 2022

O presidente da Juventude para a Democracia (JpD) disse hoje, no Mindelo, que o Orçamento do Estado para 2023 é um orçamento possível tendo em conta a crise internacional, mas visa dar respostas à juventude cabo-verdiana.

JpD diz que OE2023 é o orçamento possível tendo em conta à crise internacional

Vander Gomes falava em conferência de imprensa em reacção às declarações do presidente da Juventude do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (JPAI), Fidel Cardoso de Pina, que defendeu que Orçamento do Estado 2023 (OE2023) “não dá respostas e nem traz esperanças” para os jovens cabo-verdianos porque deixa de lado os anseios e as reivindicações da juventude.

Segundo o líder da JpD os desafios os da juventude “são muitos” e o “OE2023, neste momento, responde ao que o momento permite responder”.

Conforme a mesma fonte, o Governo, ao longo da pandemia da covid-19, “não aumentou os impostos, apesar de ter perdido cerca de 60 milhões de contos em receitas, tentou por outras vias financiar os orçamentos de 2021 e 2022 e em 2023, com as incertezas da guerra, há que ser um pouco cauteloso na elaboração do orçamento”.

Por isso, defendeu que o OE2023 é um orçamento possível tendo em conta o quadro que se vive, de uma inflação dos preços importados a nível internacional, da guerra na Ucrânia cujas consequências recaem também sobre Cabo Verde.

“Claramente, não é um orçamento dos nossos sonhos, não é um orçamento que o MpD, enquanto Governo, queria ter, mas é um orçamento possível tendo em conta o quadro que estamos a viver, de uma inflação dos preços importados, a nível internacional, de uma conjuntura provocada pela guerra na Ucrânia e que Cabo Verde também está a sofrer as suas consequências”, argumentou.

Conforme Vander Gomes, mesmo nesse quadro, o Governo não deixou de investir na juventude destacando como propostas para esta camada a gratuitidade do ensino até 12º ano, a dotação no OE2023 de 366 milhões de escudos para a gratuitidade até o ensino superior para jovens com deficiência, a fixação de 585 milhões de escudos para a formação profissional e superior e 461 milhões de escudos para incentivos aos estágios profissionais e à reconversão profissional.

Na área do desporto citou como incentivo o agravamento dos impostos sobre o álcool e o tabaco e a consignação de parte dessas receitas, no valor de 160 milhões de escudos, para financiar desporto e políticas para a juventude e ainda inscrição de um montante de 600 milhões de escusos para construção de novas infraestruturas desportivas.

Segundo o presidente da JpD, o Governo vai disponibilizar ainda 200 milhões de escudos para bonificação de juros no acesso ao crédito habitação, 870 milhões para a transição digital e capacitação de jovens e ainda uma linha de crédito de 22 milhões de escudos para as ‘startups’ jovens. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project