DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

K. Mayorga estraga férias: Advogados aconselham CR7 a não pisar Miami 29 Junho 2019

A imprensa especializada escreve, esta quinta-feira, que as férias do futebolista Cristiano Ronaldo estão a ser afetadas pelo caso Kathryn Mayorga. Todos os anos CR7 em férias tem entre os seus destinos preferidos Miami, mas este ano os advogados disseram-lhe para não ir. A ideia é ganhar tempo e evitar o circo mediático sobre o tema da violação que prejudica a sua imagem. Mais: ele poderia vir a ser detido à chegada aos Estados Unidos, um risco que a Juventus ponderou quando cancelou a já habitual pré-temporada nos ’States’.

K. Mayorga estraga férias: Advogados aconselham CR7 a não pisar Miami

Recorde-se que Kathryn Mayorga, a acusadora de Cristiano Ronaldo, levou o caso ao Tribunal Federal da Nevada, como informou a sua advogada, há três semanas, a 5 deste mês e escassas horas depois de surgirem notícias de que a queixa fora retirada. A advogada explicou que, por dificuldades em notificar o jogador, fora retirada a queixa a nível estadual para agilizar o processo a nível federal.

O astro de futebol corre o risco de ser preso longos anos, caso o tribunal der por provada a alegada violação de há dez anos, na altura em vésperas da transferência do Manchester United para o Real Madrid.

A denúncia por parte de Kathryn Mayorga era que o português Cristiano Ronaldo a teria violado num hotel de Las Vegas, nesse ano de 2009. Com os advogados das partes a chegarem a acordo, a queixa acabou arquivada.

Mas em 2018, ao retomar a acusação, Kathryn Mayorga explicou que durante os nove anos seguintes esteve sob o efeito do trauma da violência sofrida. O acordo — pelo qual recebeu 375 mil dólares, mais de 30 mil contos — desenrolou-se sem que estivesse presente, incapacitada que estava após ter sido sodomizada pelo astro de futebol no apartamento deste num hotel de Las Vegas.

O depoimento divulgado desde o ano passado — pelas páginas de jornais, como o alemão Der Spiegel que a entrevistou em exclusivo, e noticiários televisivos, como o da CNN — indica que o jogador encontrou Mayorga no hotel “Palms”, a 12 de junho de 2009.

Kathryn Mayorga trabalhava num clube da cidade angariando clientes, para os levar a consumir (foto), como ela depôs em 2009.

No fim do expediente, ela aceitou o convite para acompanhar o futebolista ao hotel. Ali, enquanto a amiga que ela levara consigo e outros estavam no jacuzzi e ela vestia o fato de banho para ali entrar, consumou-se a violação. Cristiano nega. O tribunal vai decidir.

Fontes referidas. A foto do dia 12 de junho de 2009 foi publicada no dia seguinte. Foi então que, segundo ambas depuseram, Kathryn Mayorga respondeu à pergunta da amiga que a achou estranha desde que entrou no jacuzzi.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project