ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Covid-19: Laboratório de Cabo Verde com capacidade para 300 testes diários 16 Mar�o 2020

O Laboratório de Virologia de Cabo Verde, que começou a realizar testes de despiste do novo coronavírus no sábado, tem capacidade para fazer até 300 exames diários e disponibilizar os resultados em 24 horas, disse hoje fonte oficial.

Covid-19: Laboratório de Cabo Verde com capacidade para 300 testes diários

Ainformação foi avançada à imprensa por Jailson Monteiro, técnico do Laboratório Nacional de Virologia e ponto focal para o coronavírus, no âmbito de uma visita do ministro da Saúde cabo-verdiano, Arlindo do Rosário, a este serviço, do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP) e situado no Hospital Agostinho Neto, na cidade da Praia.

De acordo com o técnico, o laboratório, que já realizava testes para o VIH, hepatite, as arboviroses, como Zika ou dengue, e outros vírus, tem capacidade para fazer 96 exames em três horas e até agora fez oito exames a caso suspeitos do coronavírus, tendo todos dado negativo.

O mesmo profissional de saúde disse que os testes são feitos em três horas, mas que de acordo com as normas a sua libertação e confirmação só poderá ser em 24 horas.

Para o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, trata-se de "mais um passo importante" e num "momento crucial" o país ter reunido as capacidades para realizar os testes a nível nacional, que até agora eram feito no laboratório do Instituto Ricardo Jorge, em Portugal.

O governante aproveitou para agradecer ao instituto português pela cooperação com o Instituto Nacional de Saúde Pública, garantindo que a parceria vai continuar, ao nível da formação.

"Vamos continuar a realizar os testes, esperemos que não haja muitos para serem realizados, sinal de que o país vai continuar livre do vírus. Estamos a desenvolver capacidades em termos laboratoriais, de detenção precoce das situações e tudo o que é necessário ser feito", salientou o titular da pasta da Saúde de Cabo Verde.

O ministro garantiu que o laboratório já tem uma quantidade de reagentes que lhe permite realizar um "número razoável" de testes e já há também previsão para ter mais.

Por ser uma questão de saúde pública, Arlindo do Rosário avançou que os testes aos casos suspeitos do novo coronavírus vão ser gratuitos.

O primeiro exame à Covid-19 foi realizado no sábado, num caso suspeito, na ilha da Boavista, de um cidadão de 76 anos que veio da Alemanha, cujos resultados deram negativo.

Cabo Verde já registou sete casos suspeitos do novo coronavírus, tendo seis dado negativo, faltando apenas saber o resultado de um caso na ilha de Santo Antão, que, segundo o ministro da Saúde, deverá ser conhecido até terça-feira.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.500 morreram. Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia. A Semana com Lusa

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project