NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Lançado em Portugal "Bandida" da cantora Marta Dias, filha do libertador de São Tomé e Príncipe 14 Outubro 2018

Lançado em Portugal

A mais recente criação da cantora — que despontou nos concursos musicais — mescla fado e jazz, dois géneros que a artista cultiva desde a adolescência. Começou a ficar conhecida sobretudo com os duetos com António Chainho.

Este novo trabalho — cujo lançamento teve lugar no Auditório D. João V, na Damaia, área metropolitana de Lisboa — dá a conhecer um lado até agora desconhecido da vida desta talentosa voz. Marta Dias é filha de Nuno Xavier Dias, o homem que proclamou a libertação de São Tomé e Príncipe, em 12 de julho de 1975.

Discografia

A produção discográfica de Marta Dias, ao longo dos mais de duas décadas na música, inclui o jazz,o fado e o cancioneiro português — com raízes na idade média, como os cantares de amigo que ela interpretou no disco "Ondas do Mar de Vigo".

Colaborou em "Quantas Tribos" , lançado em Fevereiro de 2016. Este disco-homenagem aos poetas de São Tomé e Príncipe, como Maria Manuela Margarido, Alda Espírito Santo, Francisco José Tenreiro, Fernando de Macedo e Conceição Lima, tem participações da luso-caboverdiana Carmen Souza em "Os Rios da Tribo", Kalaf,em "Humanidade", e do santomense Oswaldo Santos na guitarra clássica e composição dos temas do disco. Fontes: You Tube/Blitz

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project