POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Legislativas 2021: São Vicente e Santo Antão perdem um deputado cada, Santiago soma 33 dos 66 eleitos no país 15 Fevereiro 2021

São Vicente e Santo Antão perdem um deputado cada nas legislativas de 18 de Abril, segundo deliberou a Comissão Nacional de Eleições (CNE).Poucos recenseados e migrações de pessoas para outras ilhas são, entre outros, factores que terão estado na origem da redução do número de parlamentares nesses dois círculos eleitores da Região Norte de Cabo Verde. Com essa nova distribuição, Santiago passa a contar com metade (33) dos 66 deputados dos 10 círculos eleitorais no país.

Legislativas 2021: São Vicente e Santo Antão perdem um deputado cada, Santiago soma 33 dos 66 eleitos no país

Conforme a CNE, o cálculo na redistribuição dos deputados (ver mapa na rodapé desta peça) pelos 13 círculos eleitorais -10 no país e 3 na Diáspora -, foi feito com base nos últimos recenseamentos eleitorais provisórios.

A principal novidade é que São Vicente perdeu um deputado, reduzindo-se de 11 para 10 eleitos. O presidente da Comissão de Recenseamento Eleitoral (CRE) local considerou, em declaração à RCV, que o número insuficiente de recenseados terá estado na origem dessa diminuição de parlamentares. Santo Antão é a outra ilha que também perdeu um deputado – baixou de 7 para 6 deputados. Aqui o presidente da CRE fundamentou tratar-se sobretudo por redução da população, na sequência da migração permanente de residentes para outras ilhas à procura de melhores alternativas de vida – emprego e possibilidade de estudos.

A fazer fé na deliberação da CNE, um desses deputados foi para Santiago Sul, que subiu de 18 para 19 eleitos – recuperou um que perdeu nas legislativas de 2016. Tudo por ter recenseado mais de 4 mil novos eleitores nos últimos anos. O mesmo que aconteceu com a ilha do Sal, que ganhou mais um deputado – cresceu de 3 para 4 eleitos nacionais. Contribuiu para essa situação o crescimento significativo da sua população residente e consequentemente o número de eleitores com a capacidade eleitoral ativa (20.250).

Conforme a nova distribuição de mandatos, Santiago Norte fica com 19 deputados e Santiago Sul com 14. Ou seja, Santiago passa a somar 33 deputados – metade dos que residem no país (66) e quase metade (36) do total de 72 eleitos que formam o parlamento nacional.

O número de mandatos nos restantes círculos eleitorais do país ficou como dantes: Fogo permanece com 5 deputados e Brava, São Nicolau, Maio e Boa Vista ficaram com 2 deputados cada. Os três círculos da Emigração (América, África e Europa) também ficaram com 2 deputados cada.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project