POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Legislativas/Sal: Candidatura do PAICV liderada por Démis Almeida formaliza processo junto do tribunal 08 Mar�o 2021

A candidatura do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV), no Sal, às eleições legislativas de 18 de Abril, liderada por Démis Almeida, foi formalizada hoje a tarde junto do tribunal da comarca.

Legislativas/Sal: Candidatura do PAICV liderada por Démis Almeida formaliza processo junto do tribunal

Em declarações à Inforpress, à saída do tribunal, Démis Almeida disse que as “coisas correram lindamente”, e que o sentimento é de “muita confiança”.

Segundo Démis Almeida, o PAICV acaba de apresentar uma lista de candidatos a deputados com “total” paridade de género, isto é, 50 por cento mulheres e 50 por cento homens, que conforme sublinhou dão a garantia de uma “digna representação” da ilha do Sal no Parlamento Nacional.

Uma lista transversal, conforme assegurou, em termos de representação das zonas e povoados da ilha, de distribuição de equidade etária, de “gente preparada”.

“Estamos a falar de candidatos e candidatas a deputados com percurso e conhece a realidade económica, social, cultural e desportiva da ilha. Estão preparados para representar, dignamente, a ilha do Sal na Assembleia Nacional”, concretizou.

“Partimos para estas eleições com a convicção de que o País precisa de uma mudança a nível da governação e a ilha do Sal (…), por nossa parte, vamos trabalhar para dar esse contributo, elegendo deputados”, manifestou, referindo que a candidatura do PAICV estabeleceu como meta mínima a eleição de dois deputados, a nível deste círculo eleitoral.

“Contribuindo para que o partido tenha uma maioria no Parlamento e possa, de facto, formar Governo na próxima legislatura”, apontou, convicto da vitória.

“Estamos absolutamente confiantes na vitória. Temos estado no terreno nas últimas semanas, temos a sensação de que há um sentimento de enorme descontentamento relativamente ao desempenho do actual Governo, um desempenho muito fraco, e que não se justifica pela pandemia da covid-19”, comentou.

Démis Almeida reforçou que aquando da pandemia da covid-19, já quatro quintos do mandato haviam sido cumpridos.

“E nessa altura, já sabíamos todos de que as metas, os compromissos assumidos já não seriam cumpridos. Portanto, um desempenho muito fraco deste Governo, a nível económico, social, a nível das prometidas reformas na educação, e com reflexos na ilha do Sal”, ponderou.

Depois da entrega formal das listas dos candidatos ao Parlamento para as eleições legislativas cujo mandato vai até 2026, Démis Almeida disse que a carruagem vai agora andar à “máxima velocidade possível”.

“Nós já estamos em plena pré-campanha, oficialmente começa a 01 de Abril, mas já estamos a fazer o nosso trabalho, essencialmente com contactos directos com as pessoas, eleitores e com grupos organizados”, informou.

Conforme Démis Almeida, a candidatura do PAICV no Sal, espera uma campanha com elevação, e não uma campanha “fulanizada” nem centrada na desconstrução das pessoas, na difamação do adversário.

Considerando a conjuntura de pandemia, consequentemente vai ser uma campanha atípica, mas Démis Almeida garantiu que a candidatura do PAICV vai cumprir com todas as recomendações das autoridades sanitárias no sentido de conseguirem conciliar a campanha eleitoral com o respeito pelas regras sanitárias impostas. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project