REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Legislativas na Islândia: 1ª-ministra reconduzida, 1º parlamento de maioria feminina 27 Setembro 2021

A Islândia, país insular de trezentos e sessenta mil habitantes, fez história com a eleição de 33 mulheres entre 63 deputados — inédito na Europa — nas legislativas deste sábado, 25. A primeira-ministra Katrin Jakobsdottir (foto) volta à liderança do executivo, apoiada pela coligação entre o Movimento Esquerda Verde, Partido do Progresso e Partido da Independência, com 37 assentos no parlamento.

Legislativas na Islândia: 1ª-ministra reconduzida, 1º parlamento de maioria feminina

A governação de Katrin Jakobsdottir, de 46 anos de idade (foto), destaca-se ainda por ter liderado o único governo que na última década completou o seu mandato (2017-21).

A nação insular — que ocupa o topo dos principais rankings mundiais de desenvolvimento económico e social — teve a sua história recente marcada por crises políticas. Entre 2007 e 2017 a Islândia passou por uma série de escândalos que minaram a confiança do eleitorado na sua classe política.

O plebiscito de ontem indica que a primeira-ministra mantém a sua popularidade. Como líder da coligação entre ecologistas, conservadores e agrários obteve mais dois assentos que em 2017.

Além da coligação governamental, anteveem-se outras, propiciadas pelo facto de que oito partidos vão entrar no parlamento. Os islandeses atribuem enorme importância à instituição, designada Althing, que é uma das mais antigas do mundo: completou 1.100 anos.
— 
Fontes: DW/Euronews/BBC/AFP. Fotos (EPA) Líder dos Verdes (desde 2013) e do governo islandês (2017-2024), Katrin Jakobsdottir durante a votação deste sábado. (Inserida) A erupção do vulcão Fagradalsfjall tornou-se ao 181º dia, a 16-9, a mais longa do século XXI.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project