MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Líder da IURD suspeito de desviar dinheiro da igreja para comprar bens de luxo 07 Fevereiro 2019

O mundialmente conhecido Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus-IUR, que, vindo do sistema bancário, lidera hoje um império com base na fé, terá supostamente usado o dinheiro que os fiéis deram à igreja em proveito próprio e da família, em bens de luxo e no seu apartamento de Miami, durante anos.

Líder da IURD suspeito de desviar dinheiro da igreja para comprar bens de luxo

Uma investigação do canal português de televisão TVI teve acesso aos extratos bancários do cartão de crédito de Edir Macedo e da sua mulher. A TVI também obteve testemunhos destes desvios de dinheiro.

Conforme a mesma estação televisiva, o dinheiro era alegadamente desviado da igreja para pagar falsas gratificações a altos bispos de Portugal e depois era gasto pela família Macedo em jóias, roupas caras e no condomínio do seu apartamento em Miami, nos Estados Unidos.

O esquema era feito através da conta do bispo Edir Macedo em Portugal, onde supostamente a IURD depositou mais de um milhão de euros em salários e falsas gratificações. Depois, presume a mesma fonte, o bispo Macedo e a mulher usavam cartões de crédito dessa conta para gastar o dinheiro pelo mundo em bens de luxo.

Segundo ainda a TVI, o Ministério Público já está a investigar este alegado desvio de dinheiro das ofertas dos membros da Igreja Universal em Portugal.

É de salientar que, em Portugal, a IURD declara 42 milhões de euros por ano, isto é, 42 milhões de euros livres de impostos, além de ter direito a benefícios fiscais.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project