INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Lituânia mostra "coragem no apoio à democracia" em Taiwan — Xi prepara-se para imitar Putin, diz CIA 24 Julho 2022

A Lituânia voltou a irritar a China ao receber ontem a delegação encabeçada pelo presidente da Assembleia Nacional Taiwanesa. Pequim "protestou vivamente" contra Vilnius que "violou a política da China única".

Lituânia mostra

Esta sexta-feira após o chefe da delegação elogiar a coragem da Lituânia, país-membro da UE, "que aceitou a representação da República de Taiwan" em Vilnius no ano passado, Pequim emitiu um comunicado dirigido ao poder político lituano.

"A China exorta a Lituânia (...) a respeitar o compromisso político do princípio de uma só China, a não enviar um sinal errado às forças separatistas" em Taiwan.

Vilnius e Taipei afirmam que mantêm ligações económicas e culturais, mas não relações diplomáticas formais.

O presidente da Assembleia Nacional Taiwanesa ao expressar, em declarações à agência noticiosa dos Balcãs em Vilnius, a sua "grande admiração" aos lituanos perante "a coragem no apoio à democracia". Não só em Taiwan, mas também no acolhimento que a Lituânia dá à chefe da oposição bielorrussa e aos vários opositores do regime de Lukashenko suportado por Putin.

Taiwan como Ucrânia, prevê CIA

A China prepara-se para usar a força contra Taiwan, seguindo "as lições da invasão russa na Ucrânia". Esta estimativa voltou a ser ventilada esta semana pelo diretor da inteligência dos Estados Unidos.

A guerra na Ucrânia na perspetiva de Pequim, segundo Bill Burnes, "só veio acelerar a questão da invasão de Taiwan", que desde sempre tem estado no pensamento chinês.

A presidente da Câmara dos Representantes Nancy Pelosi tem agendada uma visita em agosto a Taipei.

Esta que será a primeira visita a Taiwan em 25 anos da entidade representativa da Democracia não obtém consenso em Washington. O presidente Biden expressou que "não é uma boa ideia".
— -
Fontes: AFP/Le Figaro/Washington Post/... Relacionado: China-Taiwan 110 anos: Xi Jinping promete reunificação pacífica e Tsai Ing-Wen diz "Povo de Taiwan escolheu soberania em democracia", 11.out.021; De Beijing para Taipei — Taiwan mexe-se para lugar vago da China, Harvard justifica mudança, 16.dez.021; Taiwan "repudia" violação "repugnante" do ideal olímpico por Putin e Xi "unidos no expansionismo e atentados contra a paz", 07.fev.022; Crise 2 Chinas: Presidente Tsai diz que tropas americanas estão em Taiwan, 28.out.021.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project