LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Lula contra Regina Duarte: "Ela mentiu. Tem que pagar" 14 Maio 2021

O ex-presidente Lula da Silva mantém o processo contra a atriz Regina Duarte, que, em abril de 2020, divulgou uma ’fake news’ sobre o património da falecida Marisa Letícia Lula da Silva. Treze meses decorridos, a atriz faz a retractação com um pedido de desculpas.

Lula contra Regina Duarte:

Em abril de 2020, a famosa atriz e criticada secretária de Cultura do governo Bolsonaro (links infra) publicou nas redes sociais que "foram encontrados R$ 256 milhões nas contas de Marisa Letícia". Dez mil vezes mais que o saldo real, de R$ 26 mil, que resultou de um erro de um juiz que confundiu a quantia aplicada em Certificados de Dívida Bancária (CDB) com outro tipo de obrigações do tesouro.

Regina Duarte apresentou então um pedido de desculpas. Na retractação, ela diz que é um "sincero pedido de desculpas à memória de D. Marisa Letícia e sua família".

A defesa de Lula entende que houve má-fé por parte de Regina, que também mentiu à Justiça ao longo do processo. Em novembro "a namoradinha do Brasil" dos anos 1970s afirmou ter apagado o post ao saber que a informação era errada, mas manteve-o no Instagram.

A provar a mentira, foi apresentado em dezembro um relatório técnico atualizado sobre uma reação à tal fake news, que continuava no Instagram da atriz.

O ’renascido’ Lula quer ver Regina Duarte condenada por “litigância de má-fé” e punida com uma multa de 10% do valor da causa, ou seja, cerca de R$ 13 mil.

À Justiça, a defesa de Regina alega que não apagou a charge, que "possuía um cunho artístico cômico". “Era uma expressão de humor feita por um artista, sendo manifesta a proteção Constitucional”, afirmou a defesa da atriz, que ressaltou que os demais posts sobre o assunto foram apagados.

Conforme a sua defesa, Regina Duarte nunca faltou com a verdade no processo. “A tirinha é uma mera expressão artística, e requerer a sua remoção é um ataque aos princípios da liberdade de expressão e liberdade artística, inclusive contra o artista que elaborou o desenho.” A Justiça ainda não analisou o pedido de multa.

Fonte: UOL/ Relacionado: Brasil: Atores zangados com colega Regina Duarte titular da Cultura na era de Bolsonaro, 17.abr.020; Grandes nomes da cultura criticam Regina Duarte na secretaria da Cultura — "Sempre fui conservadora", diz atriz, 17.jan.020. Foto (whatsapp-image-2020-01-20): Regina ao lado de Bolsonaro, por ocasião do convite para ser titular da Cultura — cargo que assumiu em 04 de março de 2020 e de que se demitiu em 20 de maio de 2020.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project