LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Lusofonia: Portugal de novo sedia importante instituição oriental – Aga Khan escolheu Lisboa para sede mundial da Comunidade Ismaelita 12 Julho 2018

Lisboa é desde esta semana a sede mundial da Imamat Ismaili, a comunidade ismaelita com cerca de 50 milhões de fiéis, dos quais apenas oito mil em Portugal, liderada pelo "descendente direto do profeta Maomé". O príncipe Aga Khan, em Lisboa para a inauguração do edifício e celebração do seu jubileu, discursou esta quarta-feira na Assembleia da República e enalteceu “Portugal, país de oportunidades”.

Lusofonia: Portugal de novo sedia importante instituição oriental – Aga Khan escolheu Lisboa para sede mundial da Comunidade Ismaelita

A presença do líder dos ismaelitas, um ramo muçulmano xiita, em Lisboa tem merecido destaque nos média portugueses. Por várias razões, a começar pelo impacto cultural e económico da instalação da multimilionária instituição que tem um orçamento de perto de um milhão de euros por ano para causas sociais.

Além disso, há o impacto imediato e direto dos consumos por 60 mil islamitas que acompanham, a Lisboa, esta semana, o seu líder espiritual — imã, na designação religiosa, mas que tem sido substituída pelo título de ’príncipe’ que por vontade de Aga Khan III, foi atribuído como ’símbolo da modernidade na liderança ismail’ ao seu neto, Aga Khan IV.

Fontes citadas pelo "Dinheiro Vivo" fazem as contas : Lisboa arrecadou até quarta-feira, 11, duzentos e cinquenta e dois milhões de euros de receitas, só em dormidas e compras só com a festa do Jubileu, de 5 a 11 de julho.

A sede mundial em Lisboa, depois de França e Canadá

O Palácio Mendonça, em Campolide, que sediou a Business School, foi adquirida ao Estado por 12 milhões de euros e recebeu beneficiações em montante pelo menos igual para acolher a sede mundial dos ismaelitas.

A 3 de junho de 2015 o príncipe Aga Khan, líder da Imamat Ismaili (comunidade ismaelita), assinou um acordo com o então ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, pelo qual se comprometia a estabelecer a sua sede mundial em Portugal e a investir nas áreas da investigação científica e da cooperação para o desenvolvimento.

A sede mundial ‘interina’ funcionava então em Chantilly, nos arredores de Paris, mas o projeto definitivo para a instalação da sede global estava a ser disputado por Lisboa e pela cidade de Ontário, no Canadá, onde está sediado o AKFED, Fundo Aga Khan para o Desenvolvimento Económico.

A outra importante instituição de origem oriental é a Fundação Calouste Gulbenkian, criada graças ao legado — monetário e em obras de arte —deixado pelo multimilionário arménio Calouste Sarkis Gulbenkian em agradecimento a Portugal, que foi para ele um oásis de paz nos anos da Segunda Guerra Mundial.

Fontes: www.dinheirovivo.pt/televisões

MLL

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project