ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Governo e FAO assinam Documento “Quadro de Programação do País - Cabo Verde 2018-2022” 10 Janeiro 2018

O Ministério da Agricultura e Ambiente e a FAO assinaram, esta terça-feira, 09, o documento “Quadro de Programação do País (CPP) Cabo Verde” para o período de 2018-2022, que define o quadro de colaboração entre a FAO e Cabo Verde para os próximos quatro anos.

Governo e FAO assinam Documento “Quadro de Programação do País - Cabo Verde 2018-2022”

De acordo com o representante da FAO em Cabo Verde, Rémi Nono Womdim, a preparação deste documento foi realizada através de um processo de consultas participativas com todas as partes interessadas, nomeadamente os Ministérios e Instituições Nacionais em questão, as Agências das Nações Unidas presentes no âmbito do UNDAF, os parceiros técnicos como Instituições Financeiras (PTF), Organizações da Sociedade Civil, ONG´S e o setor privado.

Segundo o mesmo, o recurso total necessário para a implementação do Quadro 2018-2022 de Cabo Verde está estimado em cerca de 16 milhões de dólares americanos, tendo sido já mobilizados cerca de 50% desse valor.

“Estamos convencidos que mantendo a dinâmica atual os recursos financeiros previstos serão mobilizados e o CPP será implementado na sua totalidade para a satisfação de todos os envolvidos,” frisou o representante da FAO em Cabo Verde.

O Quadro de Programação do País (CPP) 2018-2022 estabelece três áreas importantes, tendo como prioridades melhorar a governança da segurança alimentar e nutricional e beneficiar os grupos mais vulneráveis com políticas de proteção e inclusão social, aumentar a renda da população através da transformação e do crescimento em setores económicos chave, incluindo a economia verde e a economia azul e desenvolver e implementar abordagens integradas e inovadoras para o gerenciamento sustentável e participativo de recursos naturais, mitigação e adaptação às mudanças climáticas e ao risco de desastres naturais.

O Ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva agradeceu a parceria que considerou profícua que a FAO tem desenvolvido com Cabo Verde e frisou que esses eixos respondem as necessidades do país e enquadram-se nos documentos estratégicos de desenvolvimento do país e com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade
Cap-vert
Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project