NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Governo lança Edital #EnPalco100 Artistas para apoiar a classe artística e criativa residente em Cabo Verde durante a pandemia do Covid-19 07 Abril 2020

O Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC) lançou esta segunda-feira, 06, o Edital #EnPalco100 Artistas para, através da arte e cultura, apoiar a classe artística e criativa residente em Cabo Verde durante a pandemia do novo coronavírus ou Covid-19. O programa #EnPalco100Artistas tem como objetivo transferir diretamente um rendimento para os artistas e criadores com residência fixa em Cabo Verde, que vivem, exclusivamente, da arte e que devido às medidas de contingência e confinamento, viram canceladas as suas atividades profissionais e artísticas, como fonte de rendimento.

Governo  lança Edital #EnPalco100 Artistas para apoiar a classe artística e criativa residente em Cabo Verde durante a pandemia do Covid-19

Segundo o MCIC, o foco do Programa visa escolher, a partir desta segunda-feira a 12 de Abril, 100 artistas, atuações e performances, nas áreas artísticas como, as Artes Plásticas, a Dança, a Música, o Teatro, Stand Up Comedy e Slam Poesia /Literatura, agregá-las numa plataforma e disponibilizá-las online, de forma gratuita.

Nada que não tem sido feito pelos profissionais liberais ligados ao setor criativo nas redes sociais, no entanto, destaca-se a disponibilização pelo Governo de Cabo Verde, através do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, o montante de 10 mil escudos cabo-verdianos para cada atuação/performance. Caso o artista beneficie de qualquer outra prestação atribuída pelo Estado de Cabo Verde, durante a vigência das medidas restritivas adotadas no âmbito da pandemia do Covid-19, terá direito apenas a 60% do montante previsto no ponto anterior”, esclarece o MCIC, em comunicado.

Numa altura em que o mundo enfrenta a pandemia do novo coronavírus, decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), todas as classes profissionais, sem exceção, e famílias enfrentam o desafio de reinventarem as suas profissões e, consequentemente, manterem os seus rendimentos e a sua sobrevivência.

Recorde-se que Cabo Verde declarou Estado de Emergência no passado dia 29 de Março e desde então, o Governo tem trabalhado “incansavelmente” nas Medidas de Proteção Social para todas as famílias, na ideia fixa e central de que a maior prioridade, neste momento único e difícil, é o povo cabo-verdiano. “O Governo de Cabo Verde, ciente do papel da arte e da cultura na formação do cidadão, estabelece esta medida de proteção social à classe artística e criadora e enfatiza o grande contributo deste neste momento delicado e excecional”, remata.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project