BREVES NOTÍCIAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

MFIDS e FAO assinam Protocolo de Cooperação para apoiar às famílias mais vulneráveis 22 Dezembro 2022

O Ministério da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social (MFIDS) e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), assinaram esta quarta-feira, um Protocolo de Cooperação com o objetivo de apoiar o rendimento das famílias mais vulneráveis atingidas pelos efeitos da tripla crise, designadamente da seca prolongada, da pandemia da Covid-19 e, desde março 2022, da Guerra iniciada com a invasão da Rússia à Ucrânia.

MFIDS e FAO assinam Protocolo de Cooperação para apoiar às famílias mais vulneráveis

De acordo com a Página Oficial do Governo, trata-se de um Projeto financiado pela FAO e implementado pelo MFIDS e o Ministério da Agricultura e Ambiente (MAA), que constitui um reforço às medidas de prevenção lideradas pelo Governo de Cabo Verde, apoiando-se nos mecanismos existentes de coordenação entre o Executivo, a sociedade civil e os municípios, no âmbito de Contratos-Programa.

“Assinamos este acordo num momento extremamente difícil para Cabo Verde. As crises da seca que já estávamos habituados vieram agora aprofundar-se com a crise inflacionária”, afirmou o Ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, Fernando Elísio Freire.

O Ministro lembra ainda que a crise da inflação provocada essencialmente pela dificuldade logística de abastecimento do mercado devido a invasão da Rússia à Ucrânia afeta sobretudo os mais vulneráveis.

Conforme o Governante, a inflação é o imposto que ataca diretamente os mais vulneráveis, principalmente as pessoas que estão nos locais mais expostos às dificuldades e às crises. “O acordo abarca mais de 1200 famílias em quatro municípios e isto irá permitir o nosso país ficar mais resiliente nesta fase tão difícil”, anuncia Ministro.

Por outro lado, Fernando Elísio Freire assegura que o Governo continuará a reforçar as medidas, com a expansão da pensão social mínima para mais três mil famílias, com o aumento do rendimento social de inclusão para mais 2.500 famílias através do "Fundo MAIS" e, entre outras, com desenvolvimento de medidas de proteção no acesso à Educação.

“Tudo isso para protegermos as famílias mais vulneráveis da inflação. A inflação afeta a todos, mas não nos afeta de igual forma, porque a perda de poder de compra provocada pela inflação afeta muito mais as pessoas vulneráveis”, nota Fernando Elísio Freire, na Página Oficial do Governo.

Durante o ato, o MAA aproveitou também para assinar um protocolo de cooperação com a FAO. O protocolo visa complementar as medidas preventivas dirigidas pelo Governo, também no âmbito do Contrato-Programa, assinado com os Municípios, contribuindo, assim, para aumentar e melhorar o fornecimento de bens e serviços da Agricultura, Florestas e Pescas de uma forma sustentável.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project