REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Macau: Lei que dá prisão a quem partilhar "notícias falsas " pode cercear a liberdade de expressão 12 Junho 2019

A Assembleia Legislativa de Macau aprovou, esta segunda-feira, uma lei que criminaliza com pena de prisão de três anos, a difusão incluindo a simples partilha de "notícias tendenciosas".

Macau: Lei que dá prisão a quem partilhar

A aprovação da lei, votada na generalidade na Assembleia Legislativa de Macau —região administrativa especial da China, antigo território sob administração portuguesa que desde 1999 reverteu para o gigante asiático —, acontece na mesma altura em que a comunidade da região administrativa especial de Hong Kong, local e na diáspora, protagonizou uma manifestação estrondosa em Hong Kong e Sydney, Austrália.

O protesto macicço contra a lei da extradição que a governante Carrie Lam pretende levar avante — "em complacência com o poder chinês em Pequim", como denunciam cidadãos e grupos profissionais — já foi classificado pelo governo central como impulsionado pela “ingerência estrangeira”.

Fontes: MAcau News/South China Morning Post/BBC/Washington Post. Foto: Manifestantes no Largo do Senado em Macau, por ocasião do 30º ano de Tiananmen. Macau e Hong Kong são os únicos lugares seguros para fazer a vigília em memória dos mortos em Tiananmen, diziam os media internacionais há uma semana. Algo mudou entretanto...

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project