INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Macau emite alerta de tempestade tropical 17 Agosto 2020

Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau (SMG) emitiram esta segunda-feira, 17, um alerta de tempestade tropical, que se localizava a menos de 800 quilómetros de Macau.

Macau emite alerta de tempestade tropical

As autoridades de Macau indicaram que o sinal número 1 foi emitido no momento em que a tempestade tropical se localizava a menos de 800 quilómetros de Macau.

"Às 20 horas, a depressão tropical esteve a cerca de 710 quilómetros, em direção à costa oeste da província de Guangdong (vizinha chinesa)", ressaltaram, conforme a Agência Lusa.

Sabe-se que a escala de alerta de tempestades tropicais é formada pelos sinais 1, 3, 8, 9 e 10, que são emitidos, tendo em conta a proximidade da tempestade e a intensidade dos ventos.

Ainda, segundo a mesma fonte, para este ano, as autoridades de Macau disseram prever quatro a seis tempestades tropicais no território em 2020, algumas delas podendo mesmo, atingir o nível de tufão severo ou super tufão.

Recorde-se que em Setembro de 2018, a passagem do tufão Mangkhut por Macau deixou prejuízos económicos diretos e indiretos, no valor de 1,74 mil milhões de patacas (192 milhões de euros).

“O Mangkhut provocou 40 feridos e inundações graves no território, onde o sinal máximo de tempestade tropical esteve içado várias horas. Ao todo, as autoridades retiraram 5.650 cidadãos das zonas baixas e 1.346 pessoas recorreram aos 16 centros de abrigo de emergência”, cita a Lusa.

Refira-se que um ano antes, o tufão Hato (posteriormente denominado de Yamaneko pelas autoridades locais), apesar de se caraterizar pela mesma intensidade do Mangkhut, causou 10 mortos, 240 feridos e prejuízos avaliados em 12,55 mil milhões de patacas (1,3 mil milhões de euros).

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project