INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Macron convida Socialistas e Liberais para almoço de concertação sobre a nova EU 29 Maio 2019

António Costa e Pedro Sanchéz, primeiros-ministros de Portugal e Espanha respetivamente, representam os socialistas da Europa enquanto o presidente Emmanuel Macron alinha pelos até aqui líderes dos liberais, Mark Rutte, da Holanda, e Charles Michel da Bélgica, para concertarem como será o primeiro embate entre as forças políticas no Conselho Europeu sobre o futuro da União Europeia. A reunião desta terça-feira, 28, em Bruxelas, uma semana depois do almoço no ’Eliseu’, quer abrir as discussões no momento em que os lugares-chave da Europa a 27 estão em jogo.

Macron convida Socialistas e Liberais para almoço de concertação sobre a nova EU

Os cargos de presidente da Comissão Europeia, presidente do Parlamento Europeu, presidente do Conselho Europeu, de Alto-Representante da UE para a Política Externa, presidente do Banco Central Europeu (BCE) estão entre os altos quadros da União Europeia em disputa para o novo mandato a iniciar em outubro.

Macron lidera progressistas contra ultradireita de Salvini e Órban

Os novos cargos devem refletir a nova maioria no Parlamento Europeu, que deixou de ser só do PPE-Partido Popular Europeu e agora inclui os social-democratas e os liberais, dizem em sintonia socialistas, como Pedro Sánchez, e liberais como Macron (na foto, em reunião antes “da” reunião).

O ex-primeiro-ministro italiano Matteo Renzi, do Partido Democrata — afastado após a derrota de 2018 que levou à ascensão da direita de Di Maio e ultra-direita de Salvini, agora coligadas no governo —, tem sido convidado para várias ações dos socialistas e liberais, mas as notícias não referem a sua presença no almoço desta terça-feira, em Bruxelas.

Socialistas por Timmermans

O primeiro-ministro português em entrevista televisiva na segunda à noite, afirmou que Frans Timmermans como "socialista, tem uma boa relação com todas as outras famílias políticas".

Enalteceu as “várias qualidades” de Frans Timmermans “que o ajudam a que possa ser um bom candidato de consenso", contrapondo-lhe as más relações do candidato do PPE, o alemão Manfred Weber. Nem uma palavra sobre a candidata dinamarquesa (ver artigo neste online).

Frans Timmermans "tem desempenhado um papel fundamental na defesa dos valores europeus, relativamente aos avanços da extrema-direita", acrescentou Costa.

— -
Fontes: France 24/ TVE/RTP/SIC/RAI. Foto: Sánchez e Macron, antes de Bruxelas, almoçaram em Paris na segunda-feira, 27, no palácio presidencial em tête-à-tête. Sala de jantar do Elysée, após ter sido gabinete de Sarkozy.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project