CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Maienses vão ter o porto a funcionar ainda neste verão, garante a ministra Eunice Silva 06 Fevereiro 2022

A ministra das Infra-estruturas, Ordenamento de Território e Habitação, Eunice Silva, visitou, este sábdo, as obras da ampliação e modernização do porto do Maio e voltou a defender a ideia de que os maienses vão ter o porto a funcionar ainda neste semestre.

Maienses vão ter o porto a funcionar ainda neste verão, garante a ministra Eunice Silva

Segundo a Inforpress, a ministra do MIOT, que esteve de visita às obras da ampliação e modernização do porto do Maio para se inteirar do seu andamento, durante a qual disse estar “satisfeita” com as informações recebidas e o ritmo dos trabalhos, reforçou a ideia de que os maienses vão ter o porto a funcionar ainda no primeiro semestre deste ano. Lembrou que, caso não fosse a pandemia, os trabalhos já estariam concluídos há algum tempo.

De todo o modo, a governante garantiu que a ilha vai conhecer uma nova dinâmica e perspectivou que haverá “um antes e um depois” no processo de desenvolvimento da ilha com a conclusão daquela infra-estrutura, precisando que as condições do porto eram um dos “constrangimentos” que imperavam os investimentos na ilha”.

Eunice Silva reconheceu que o porto estava “bastante degradado”, algo que foi comprovado no decorrer dos trabalhos, por isso veio a ser assumido pelo Governo como sendo obras complementares, assim como os custos inerentes.

Questionada se nesta fase vai ser construída a gare marítima, a ministra admitiu que esta também é uma preocupação do Governo e que já está sendo trabalhada, mas que não se encontra dentro do pacote estabelecido nesta primeira fase do projecto.

“Mas é uma preocupação que já está sendo trabalhada, porque é a própria obra que, após estar concluída e a funcionar é que vai exigir a construção da gare marítima”, sublinhou, ressalvando que “é uma situação que não depende somente do Ministério das Infraestruturas, mas estará a trabalhar com o Ministério do Mar para o mais breve possível poder dar também o início aos trabalhos da construção da gare marítima”.

Segundo a mesma fonte, aquela governante presidiu também ao acto da inauguração da estrada de acesso ao Centro de Saúde e da praça da zona dos Correios.

No seu discurso, Eunice Silva disse que com mais esta duas obras, a ilha está a dar cartas a nível nacional, atingindo neste momento cerca de 98 % de requalificação, mas frisou que ainda falta muito por fazer e em outras vertentes.

Apontou como exemplo a conclusão das obras da requalificação da Avenida Amílcar Cabral, que, conforme admitiu, conheceram algum atraso, mas garantiu que a partir do mês de Março vão retomar os trabalhos que estão a ser feitos com “força” um pouco por todo o país.

Eunice Silva anunciou que ainda este ano vão iniciar também com o projecto da habitação, que vai ser levado a cabo durante esta legislatura e que levará em conta a parte envolvente.

Por seu lado, a embaixadora da União em Cabo Verde, Carla Grijó, lembrou que aquela organização também é financiadora desta obra e disse que ficou “muito bem impressionada” com o andamento dos trabalhos, e da forma como está sendo respeitada a questão da protecção ambiental no decorrer dos trabalhos.

Defendeu, no mesmo sentido, que com a conclusão dos trabalhos vai haver “um antes e depois” no processo de desenvolvimento do Maio, porque a conectividade entre as ilhas é, segundo a diplomata, uma dos grandes constrangimentos existentes ainda no país.

“Penso que após o momento em que o porto esteja operacional, o número de visitantes vai aumentar significativamente, mas temos que ter consciência de que isso vai acarretar alguns riscos, porque o turismo traz desenvolvimento econômico, mas é preciso fazer com que este desenvolvimento seja sustentável, uma vez que ilha do Maio está inscrita na reserva mundial de Biosfera da Unesco.

Informou, por outro lado, que no quadro deste financiamento alguma parte vai ser canalizada para o “desenvolvimento humano”. Aliás, frisou que alguma fatia deste montante já começou a ser disponibilizada em alguns projectos, refere a Inforpress.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project