CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Maio: Agricultores “descontentes” com demora na distribuição da água dos furos para rega equipados há vários meses 30 Mar�o 2019

A felicidade prometida pelo governo ao povo está longe de chegar ao Maio. É que, segundo revela a Inforpress, os agricultores locais dizem estar “descontentes”, porque após dois anos de espera pelo equipamento dos furos, e mesmo estando agora equipados, não lhes foi disponibilizado água para rega, pelo que estão “a passar dificuldades”. Uma situação que já obrigou a alguns trabalhadores da terra a abandonem tal prática com a qual vinha garantindo o sustento da família.

Maio: Agricultores “descontentes” com demora na distribuição da água dos furos para rega equipados há vários meses

A fazer fé na mesma fonte, os agricultores das diferentes localidades, onde foram equipados os furos, afirmam que devido à falta de água nos seus poços, estão a abandonar as suas propriedades. Tudo por consideram estar a passar por “momentos difíceis”, tendo em conta que este era o único fonte de rendimento a que dispunham, porque neste momento não estão a produzir nem sequer para o consumo familiar, quanto mais para comercializarem os produtos.

Os que ainda resistem à seca disseram à Inforpress que estão a “tentar fintar” este problema da falta de água nos seus poços, produzindo com a pouca quantidade que ainda dispõem. Por isso, apelam ao ministro da tutela que lhes ajudem no que for possível, de modo a não abandonarem o campo, visto que não possuem outra profissão e nem como sustentarem as suas famílias.

Segundo o agricultor Escolástico Oliveira, tal como ele, os colegas estão “desiludidos” com a Delegação e mesmo com o ministro da Agricultura e Ambiente que, há praticamente dois anos, tem vindo a lhes prometer água para rega, o que, até então, não aconteceu. Enquanto isso, dizem estar a passar por “grandes dificuldades” para sustentarem as suas famílias sem poderem arcar com as despesas mensais.

Conforme avançou, a esperança residia na entrada em funcionamento do furo da ribeira de Sololó em Monte Vermelho, que foi equipado há alguns meses. Critica, no entanto, que passado todo esse tempo, estão ainda à espera da solução para o problema . Referiu que aquando da visita do ministro da Agricultura receberam a garantia do presidente da ANAS de que tudo fariam para que o furo entrasse em funcionamento dentro de poucos dias.

Por seu lado, André Rosa afirmou estar a sofrer do mesmo problema da falta de água no seu poço, porque, segundo adiantou, o verdejante que antes caracterizava o perímetro agrícola de Monte Vermelho, já deu lugar ao castanho, e neste momento já nem sequer estão com água para darem de beber aos seus animais, quanto mais para produzirem para o consumo familiar.

“Durante a visita do ministro da Agricultura e Ambiente à ilha do Maio, foi-nos dito que, em pelo menos uma semana, seria feito o estudo para se saber a quantidade de água que o furo dispõe para poderem saber a quantidade a ser disponibilizado diariamente aos agricultores. No entanto já passaram mais de um mês e a situação ainda continua na mesma e não sabemos o resultado do mesmo estudo e para quando vamos ter água para trabalharmos”, frisou.

Aquele agricultor disse ainda que, assim como ele muitos colegas já abandonaram as suas propriedades e outros há mais de um ano fizeram o mesmo. Salienta muitos deles estão a passar por “momentos difíceis”, tendo em conta que não estão a poder arcar com as suas despesas mensais como electricidade, água, entre outros - muitos deles estão com filhos nas escolas.

De referir que, o equipamento dos furos de Sololó em monte vermelho, Pedro Vaz e Figueira estava previsto há praticamente dois anos e até agora nenhum deles está a abastecer água aos agricultores, que aguardam com uma certa “expectativa” e muitos afirmam estar “desacreditados” na entrada em funcionamento dos mesmos.

A Inforpress apurou que, neste momento, já iniciaram os trabalhos da abertura de vala em Monte Vermelho para a criação da rede de distribuição, mas ainda não foi avançado uma data para a entrada em funcionamento do furo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project