Legislativas 2021

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Maio: Candidatos apresentam propostas para agricultura e pecuária 12 Abril 2021

A campanha eleitoral na ilha do Maio prossegue com as candidaturas dos três partidos concorrentes na ilha (MPD, PAICV, UCID) a defenderem o melhoramento do sector agrícola e pecuária na ilha. Todos apresentaram propostas direccionadas a estes sectores e que sejam capazes de criar condições favoráveis para o desenvolvimento e dinamização do Maio.

Maio: Candidatos apresentam propostas para agricultura e pecuária

A equipa da União Cabo Verdiana Independente e Democrática (UCID), contactou hoje os eleitores na zona norte do país, precisamente as localidades de Santo António, Praia Gonçalo e Pedro Vaz, levando a mensagem da necessidade de "uma urgente mudança" e partilhar a sua visão de desenvolvimento para a ilha do Porto Inglês.

No que tange à agricultura na ilha, o candidato da UCID a deputado do Maio nas legislativas de 18 de abril, Albertino Rosa, garantiu em conversa com o A Semanaonline que caso vença as eleições, vai apostar na mobilização e poupança de água, investindo em técnicas modernas de cultivo como rega gota-a-gota, a contribuir, assim, para a melhor gestão da água utilizada na agricultura.

Do mesmo modo, no sector da pecuária, a UCID pretende introduzir a produção de pasto através de foragem hidropónica, fazendo com que em cada zona haja pelo menos uma pessoa a produzir pastos para ajudar na criação de gado.

Com a intensificação dos contactos porta-a-porta, a plataforma eleitoral do MPD, cuja lista é encabeçada por Joana Rosa, diz que a sua equipa tem sido bem recebida em todas as comunidades e que as pessoas estão a dar uma grande demonstração de afecto e gratidão pelas realizações do governo. A cabeça de lista realçou que, “é esse reconhecimento" que lhe motiva "a seguir trabalhando por todos os cabo-verdianos".

Na sua página oficial do facebook, Joana Rosa afirmou que na ilha do Maio foram feitos investimentos em vários níveis com destaque ao apoio que foi dado aos agricultores durante a seca, a partir de uma "grande disponibilização de água".

A mesma salientou que foram feitas intervenções associadas ao plano de mitigação da seca e do mau ano agrícola, a criar postos de trabalho por um período superior a dois anos, além de contribuir para o salvamento do gado.

O Partido Africano para Independência de Cabo Verde (PAICV), liderado por Edson Alves no círculo eleitoral do Maio, partilha de opinião que o sector agrícola é bastante "importante e interessante" para a ilha. E aponta para a industrialização desse sector vital para a ilha.

A candidatura do partido tambarina promete investir fortemente na mobilização e dessalinização da água, colocando-a à disposição dos agricultores. Essa candidatura ainda assume apoiar os agricultores no escoamento dos seus produtos e utilizar o centro pós colheita para a sua transformação, fazendo "com que os agricultores sejam mais competitivos".

De recordar que nesta segunda-feira, a equipa do PAICV esteve na localidade de Figueira em contactos porta-a-porta com o eleitorado.

Às legislativas do dia 18 para a eleição de 72 deputados em 13 círculos eleitorais, dos quais dez no País e três na diáspora, concorrem seis partidos – PAICV, MpD, UCID, PTS, PSD e PP.

PAICV, MpD e UCID concorrem em todos os círculos, PP em seis círculos (Santiago Sul, Santiago Norte, Boa Vista e os três da diáspora), PTS também em seis círculos (São Vicente, Santiago Sul, Santiago Norte e três diáspora), e PSD em quatro círculos (Santiago Norte, Santiago Sul, América e África).

As últimas eleições legislativas em Cabo Verde ocorreram no dia 20 de Março de 2016, tendo o Movimento para a Democracia (MpD) vencido, na altura, com maioria absoluta, ao eleger 40 deputados, o PAICV 29 e a UCID três.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project