AUTÁRQUICAS 2020

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Maio: Candidatos em contagem decrescente para as eleições de domingo 22 Outubro 2020

A dois dias das eleiçoes autárquicas, aumenta a pressão sobre os candidatos para o Paços do Concelho no Porto Inglês, Miguel Rosa (MpD) e António Ramos (PAICV) que, esta quarta-feira, estiveram os contatos de proximidade com os munícipes, desta feita em Santo António e Ribeira Don João (Rosa) e Figueira Gorda (Ramos).

Maio: Candidatos em contagem decrescente para as eleições de domingo

“A população local reconhece os muitos investimentos feitos na sua comunidade, nos últimos quatro anos, e garante renovar a confiança no MPD”, sublinha Miguel Rosa, que reafirma a renovação da sua equipa “com participação de gentes de todas as zonas da ilha”.

À população de Santo António, Rosa elencou um conjunto de projetos, nomeadamente a mobilização de água dessalinizada para agricultura, a empresarialização do setor agrícola, continuação dos projetos de reabilitação de casas/tetos, incentivo à agropecuária, criação de pocilgas, aviários e currais melhorados, que estão no leque das prioridades da sua candidatura. Ainda programada na agenda diária de Rosa estava prevista uma visita a Ribeira Don João.

Estimou que entre 2016/2020 foram investidos nas duas localidades de Santo António mais de 25 mil contos, tendo sido privilegiados a requalificação urbana e ambiental, reabilitação de cerca de 20 casas, melhoria da escola do EBI. Isso, para além dos estudantes da zona que também beneficiaram da aquisição dos 2 autocarros zero km para transporte escolar.

A candidatura do MpD propõe uma agenda de dinamização cultural, que vai beneficiar diretamente os jovens e fazedores da cultura da Ilha.
De visita a Figueira Gorda, António Ramos do PAICV a candidatura do PAICV apresentou os planos para aquela região, tendo em conta o potencial agrícola e pecuário.

Neste sentido, caso se confirme vitorioso no pleito de domingo (25 de outubro), tem previsto a ampliação da área irrigada, para dar aos agricultores mais espaços de manobra e na pecuária António Ramos pretende introduzir raças melhoradas “para ter animais mais produtivos”.

A aposta na dessalinização de água para a agricultura e gado são outras propostas para os setores supracitados, bem como a formação profissional neste e outros setores, assentes numa visão integrada do desenvolvimento, também, do turismo e em resposta às necessidades deste último setor. Tudo Isso, para atestar “um conjunto de propostas constantes da nossa Plataforma Eleitoral ao eleitorado maiense”, sublinha.

Assim, como o seu adversário, Ramos enfatiza a qualificação e multidisciplinaridade da sua equipa e que dão “garantias” da “mudança” que pretende implementar para colocar o Maio na órbita do desenvolvimento.

Rosa desafia Ramos a apresentar “provas” de acusações de corrupção

António Ramos não se tem feito de rogado e, em diversas ocasiões, tem sublinhado a “falta de transparência e “corrupção” da gestão do candidato Miguel Rosa, nos quatro anos que esteve à frente da autarquia, merecendo agora a resposta do candidato do MpD que desafia o seu oponente a apresentar provas de tal acusação.

Para Rosa não passa de uma tentativa de “denegrir” a sua imagem para esconder a “falta de propostas”, ao contrário do candidato ventoinha que que tem apresentado propostas e projetos “concretos” do que foi feito e do que pretende fazer, caso saia vencedor das eleições do próximo domingo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project