SOCIAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Mais de 4 mil litros de aguardente de qualidade duvidosa aprendidos no Porto Vales dos Cavaleiros 04 Abril 2019

A Polícia Nacional (PN), através da Esquadra Policial de São Filipe, apreendeu, no dia 31 de março de 2019, 4.200 litros de aguardente de qualidade duvidosa, no porto de Vale dos Cavaleiros, durante o desembarque de um navio proveniente da cidade da Praia. Para operadores económicos formais, trata-se de um acto de contrabando, punível pela legislação em vigor.

Mais de 4 mil litros de aguardente de qualidade duvidosa aprendidos no Porto Vales dos Cavaleiros

Conforme as autoridades portuárias e da inspecção económica, todo esse produto estava distribuído em 21 barris de 200 litros cada, no interior de um contentor de 20 pés e não apresentava nenhuma documentação legalmente exigida para o efeito.

Segundo apurou o Asemanaonline, tudo resultou das acções conjuntas da Polícia Nacional e da Inspeção Geral das Atividades Económicas (IGAE) na cidade de São Filipe. Para gentes económicos formais, a irregularidade em causa pode configurar um acto de contrabando - qualquer comércio que se efetiva na ilegalidade ou ação ilícita que se faz ocultamente - punível pela legislação em vigor em Cabo Verde.

A operação referida está enquadrada no âmbito da fiscalização da entrada de pessoas e bens no Fogo, oriundos das demais ilhas de Cabo Verde, principalmente de Santiago que está mais perto e faz mais ligações - marítimas e áreas - com a ilha do vulcão.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





Mediateca
Cap-vert

Uhau

Uhau

blogs

publicidade

Newsletter

Abonnement

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project