MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

França: Mais uma idosa morta e suspeitas sobre "problemático" cão-pastor do filho 01 Outubro 2022

Segundo o diário ’Le Parisien’, foi no domingo, 14, que a mulher de 68 anos residente no 15º bairro de Paris foi encontrada morta com mordeduras pouco depois das 22 horas. O filho tinha "pouco antes" deixado o cão à guarda da mãe. Os vizinhos já teriam referenciado o comportamento agressivo do cão-pastor belga.

França: Mais uma idosa morta e suspeitas sobre

O homem de 47 anos, que partilhava a casa com a mãe, saiu às 21h45 e ao voltar às 22h20 deparou-se com a idosa caída, ensanguentada e com sinais de ter sido mordida.

O SAMU, serviço de emergência médica, chega e constata a morte da vítima. Mas segundo uma fonte do mesmo SAMU citada pelo diário Le Parisien, "os médicos não são unânimes" sobre a causa da morte.

Segundo a fonte: "Para um dos médicos do SAMU, as feridas infligidas pelo cão não tinham por si só causado a morte". Aguarda-se agora o resultado da autópsia e o filho será ouvido pelas autoridade.

Cão "problemático"

Vizinhos relataram ao Le Parisien que "ultimamente" tinham virado rotina os problemas com o cão — da raça pastor de Malines, uma variedade belga de cão-lobo.

Certa vez, o cão tinha mordido a idosa, a tal ponto que ela teve de ser submetida a uma cirurgia. Por isso, um grupo de vizinhos procurou a associação Stéphane Lamart para a defesa dos direitos dos animais. Mas parece que isso não teve consequências imediatas.

"O cão aterrorizava o prédio, ladrava toda a noite. O dono não tinha já mão nele", disse uma testemunha. "Estava magro e agressivo, o filho e a mãe estavam a passar por um período difícil", disse outro vizinho.

Descrição, na internet

O pastor de Malines, dotado de "poderosas mandíbulas, que são uma arma a temer", é descrito como um cão de guarda que tanto pode ser utilizado no trabalho como na proteção da família. "Animal intensamente afetuoso e fiel, está sempre atento ao que fazem os membros da família".

Contudo há alguns alertas sobre a psicologia deste espécime. "O amor que tem pelo dono é tão intenso que até faz medo", descreve-se num dos sites especializados na etologia do pastor de Malines.

Diversos testemunhos dão conta da sua imprevisibilidade, que "escapa ao domínio da maior parte das pessoas e obriga a reconhecer a nossa ignorância". "Ninguém pode jurar que o seu afetuoso cão-pastor nunca vai ser violento".

"Se não puder dedicar-lhe a maior parte do seu tempo, é melhor não o trazer para a sua vida", avisa um dos veterinários consultados.

Parente de "raça que só existe devido à Guerra Fria"

A trágica morte da sexagenária francesa, vítima de um animal de estimação, ultrapassa fronteiras e faz lembrar a trágica morte de Mariangela Zaffino, de 74 anos, atacada até à morte uma semana antes do Natal transato, pelos cinco cães da filha.

Em ambos os casos, há duas variedades cães da raça pastor alemão em causa. No caso da septuagenária italiana choca também o facto de a filha da vítima opor-se por todos os meios ao abate segundo a lei.

O cão-lobo-checo resulta do cruzamento entre um pastor-alemão e uma loba da cordilheira dos Cárpatos. A experiência realizada a partir de 1955 no âmbito militar checoslovaco foi em 1965 dada por concluída com os resultados esperados: a demonstração de que era possível obter uma descendência com as qualidades de caça e ataque associadas aos progenitores — lobo e cadela alemã; cão-pastor alemão e loba.

O teste de dez anos evoluiu no sentido da criação sistemática e em 1982 o CCL foi reconhecido como raça nacional na então Checoslováquia. Em 1999, depois de um período experimental de dez anos, a raça híbrida foi em definitivo reconhecida oficialmente pela FCI-Federação Internacional de Cinologia.
— -
Fontes: Le Figaro/Le Parisien/Corriere della Sera/... Relacionado: Anciã atacada até à morte por 5 cães da filha que se opõe à ordem de abate, 21.dez.020. Fotos: Cão-lobo, o pastor de Malines, tal como o seu primo CLC-cão-lobo-checo, é utilizado na proteção civil e ofensiva militar. É também um dos preferidos como animal de estimação, mas a sua imprevisibilidade tem conduzido a mortes violentas.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project