INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Mali: Aminata Ismaila Cissé protagoniza escândalo similar Diana de Gales 08 Julho 2021

O Mali é manchete nos noticiários internacionais devido quer às incursões djihadistas quer à instabilidade política que periodicamente deflagra em golpes de Estado. Desta vez o confronto é, em Bamako, conduzido pela filha do general Ismail Cissé em guerra contra o pai e o marido.

Mali: Aminata Ismaila Cissé protagoniza escândalo similar Diana de Gales

Casada com o empresário e político Jeamille Bittar, Aminata quis o divórcio quatro meses após nascer o segundo filho, o ano passado. Mas o marido recusou. O general Cissé, que é ministro do Território, apoia incondicionalmente o genro.

Aminata sai de casa com os filhos, de dois e um ano, e muda-se para um apartamento. Dados os rumores que a dão como adúltera — um crime grave no país onde o islamismo domina — ela conta a sua versão no Facebook.

Segundo a narrativa dela, ela separou-se há mais de sete meses e só não está divorciada porque o marido recusa. Mesmo na situação, criminalizável, de "abandono do domicílio conjugal", o marido continua a insistir para ela voltar para casa porque a ama.

Bittar, conta ela, contratou "espiões" para a vigiarem não só na sua atual residência: desde empregadas domésticas e amas até colegas de trabalho, diz ela, foram subornados pelo marido e contam-lhe todos os passos dela.

A família dela e a dele estão cúmplices com Bittar. Tanto que o general Cissé mandou membros das Forças Armadas para cercar a área e "prender quem entra" no apartamento da filha.

Na semana passada, Bittar fez prender um alegado namorado de Aminata — a quem na semana anterior, como marido ciumento, tinha vandalizado o carro, bem como o de Aminata. Aminata protestou e o pai mandou Bittar apresentar queixa contra ela, que acabou presa.

Esta terça-feira, os "dois amantes", diz o MaliActu, foram soltos porque Bittar desistiu da queixa contra ambos. Mais: prometeu pagar os estragos que fez nos dois carros.

’Meu marido’ e nunca ’meu ex-marido’

Milhares de malianos comentam o vídeo e afirmam concluir que se trata de uma guerra com fim à vista. É que ao referir-se a Bittar «a Ami diz sempre ’meu marido’ e nunca ’meu ex-marido’».


Cissé, general acolhe refugiados

O general Ismail Cissé, zeloso patriarca que diz não querer ver os netos a crescer longe do pai, é por outro lado considerado um bom muçulmano que pratica o dever de ajudar quem precisa. Tanto que cedeu um vasto terreno de que é dono, nos arredores da capital, para acolher milhares de refugiados.

Uma reportagem da AFP, em vídeo online, mostra-o a visitar o extenso campo próximo de Bamako, que é oásis de paz para malianos e nigerinos fugidos das incursões djihadistas no norte do país saheliano.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project