MUNDO INSÓLITO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Manada de elefantes anda 500 km e invade povoado na China 09 Junho 2021

Quinze elefantes selvagens invadiram uma zona residencial nos subúrbios de Kunming, uma cidade da província de Yuann, no sudoeste da China. São seis fêmeas e três machos adultos, três juvenis e três crias que segundo as autoridades percorreram já 500 km, desde a reserva onde vivem.

Manada de elefantes anda 500 km e invade povoado na China

As populações ao longo do percurso sul-norte expressaram medo com este inexplicável fenómeno, mas por enquanto, desde que em fins de maio foram avistados, ainda não aconteceu nenhum incidente envolvendo pessoas. Só há prejuízos materiais com a destruição de colheitas no valor de mais de um milhão de dólares.

As autoridades estão a seguir o movimento destes paquidermes, que se calcula terem deixado a reserva em dezembro último. Terão passado despercebidos até fins de maio.

Agora estão a ser monitorados com recurso a veículos terrestres e drones. Parecem saudáveis, mas desconhece-se porque deixaram o seu habitat, uma reserva natural em Meng Yang Zi.

De acordo com a televisão pública chinesa, a chuva e as temperaturas mais baixas impediram os elefantes de se deslocarem para longe e confinaram-nos a uma pequena área no município de Xiyang, no distrito de Jinning.

Um dos adultos machos da manada que abandonou o grupo deslocou-se cerca de 1,5 km para fora da área povoada, mas também não se conhecem as razões desse comportamento. A partida do elefante macho levou as autoridades locais a reexaminar as possíveis rotas de viagem da manada e a atualizar os planos de contingência.

Memória de elefante

Os ataques de elefantes que fogem de reserva e destroem culturas têm sido explicados com a célebre expressão sobre a memória elefantina que guardaria rancores antigos e assim estaria a obter vingança sobre a crueldade humana.

A possibilidade de uma memória vingativa da espécie voltou a ser evocada o ano passado numa notícia do South China Morning Post. Dois elefantes em fuga duma reserva na mesma região de Yunnan mataram uma lavradora da prefeitura de Fazhanhe.

A mulher de 69 anos, Zhao Xinmei, foi pisoteada durante 20 minutos até à morte. O marido, Zhao Pihei, assistiu a tudo escondido no sítio onde se refugiara quando os paquidermes de aproximaram do casal que trabalhava no campo.

Fontes: CBS/SCMP.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project