INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Marrocos: Pena capital para 3 de 24 suspeitos de djihad envolvidos no homicídio de duas turistas nórdicas no Atlas —’ISIS não morreu e está na África subsaariana’ 20 Julho 2019

Esta sexta-feira, sete meses depois do bárbaro assassinato por decapitação de duas jovens turistas, uma norueguesa e uma dinamarquesa que acampavam na mais alta montanha do norte de África, três dos vinte e quatro envolvidos foram condenados à pena de morte. Vários órgãos da imprensa internacional acompanharam a leitura da sentença deste caso que “comoveu o país tido como destino turístico seguro" e levou milhares de marroquinos às ruas a expressar "condolências" e "a pedir perdão” pelas mortes das duas jovens.

Marrocos: Pena capital para 3 de 24 suspeitos de djihad envolvidos no homicídio de duas turistas nórdicas no Atlas —’ISIS não morreu e está na África subsaariana’

A dinamarquesa Louisa Vesterager Jespersen, de 24 anos, e a norueguesa Maren Ueland, de 28 anos, foram barbaramente assassinadas por decapitação quando acampavam no Atlas, a mais alta montanha norte-africana, em 17 de dezembro último.

As duas estudantes de turismo na USN-universidade do sudeste da Noruega, que viajavam juntas várias vezes ao ano, tinham chegado a Marraquexe no dia 9, com a intenção de acampar no pico de Toubkal, o ponto mais elevado do Atlas marroquino, a 4.167 metros de altitude. Da cidade imperial partiram para a aldeia de Imlil, onde contrataram dois guias locais, Abdessamad Ejjoud, de 25 anos, que, segundo a AFP, foi vendedor ambulante de laranjas e depois imã (pregador islâmico), até que em 2014 foi preso quando tentava viajar para a Síria a fim de juntar-se ao ISIS.

"Decapitei uma delas… Hoje arrependo-me”, disse Abdessamad Ejjoud na audiência em maio em Salé, perto da capital, Rabat. Sobre a sua vida na cadeia donde saiu em 2015, disse em tribunal: “Conheci muita gente na prisão, mas nunca procurei endoutrinar ninguém: cada um sabia o que estava a fazer”.

Ejjoud, como mentor do duplo homicídio sob fundo de radicalismo islâmico, confessou que o seu alvo eram os estrangeiros "contra quem prometi fazer a djihad aqui".

Os outros dois condenados à pena de morte são Younes Ouaziyad, de 27 anos, que executou a decapitação da norueguesa e Rachid Afatti, de 33 anos, que filmou tudo com o seu telemóvel. Os três aparecem no vídeo a fazer juramento ao ISIS, como ficou provado em tribunal.

Suiço convertido em Genebra

O director do BCIJ-Direção Central de Infestigação Judicial, Abdelhak Khiame, explicou em entrevista ao diário suiço Tribune de Génève que o suspeito suiço-espanhol Kevin Zeller “não esteve diretamente implicado no homicídio das duas estudantes, mas conhecia os homicidas” e “esteve com eles em várias reuniões secretas” que visavam a preparação do crime.

O director do BCIJ indicou que o Zeller foi orientado por dois imãs franceses para a sua conversão numa mesquita de Petit-Saconnex, perto de Genebra em 2011, mas depois ele e os dois franceses foram expulsos por suspeitas de djihadismo.

Anos depois, em 2014 ou 2015, viajou para Marrocos a fim de organizar uma das células djihadistas locais. Foi precisamente esta a condenação que o tribunal reteve nesta quinta-feira, 18, ao condenar o cidadão suiço a 20 anos de prisão por “organização criminosa para atos de terrorismo”.

’ISIS não morreu e está na África subsaariana’

“A retirada do ISIS da zona sírio-iraquiana não marca o fim dessa ideologia”, disse o diretor do BCIJ. “As duas principais ameaças que continuam são o regresso dos djihadistas ao seu país e a doutrinação via internet”. Daí que, alertou Kiame “A luta ainda vai ser longa” e estende-se pela “África subsaariana onde a célula dirigida por Zeller chegou a realizar algumas reuniões”.

Fontes: AFP/BBC/Le Monde/AP/SCMN/outras referidas. Fotos: Imlil, a aldeia de onde partiram para a escalada fatal ao Toubkal no Atlas. Manifestações de condolências e a pedir perdão pela morte das duas jovens turistas. LS

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project