RADAR

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Máscaras e blá blá de autoridades 30 Maio 2021

Chateado de tanto blá blá na comunicação social e nas rede sociais sobre o combate a covid-19 que está a provocar mortes quase que diariamente em Cabo Verde, um praiense atento procurou o Radar para expressar a sua inquietação face à ausência da autoridade do Estado em fazer cumprir o Estado da Calamidade decretado por mais 30 dias pelo governo de Ulisses Correia e Silva - não está a surtir efeitos positivos rápidos. Exemplica que, esta sexta-feira, 28, viu, com os seus próprios olhos, vários jovens a passarem sem máscaras na “barba cara” dos policiais de serviço, junto ao Comando Nacional da Polícia Nacional de Palmarejo, Cidade da Praia, sem que nenhuns deles tivessem atuado. Diante dessa cena de passividade das autoridades, o dito cujo questiona que não se sabe por onde o país vai parar. Conclui que as medidas restritivas tomadas pelo governo não passam de “música e poesia”. Fica este recado para os ministros da polícia e da IGAE!

Máscaras e blá blá de autoridades

Kutxi pó pela saúde

Os críticos desta situação já têm uma solução: pôr mais polícias, militares e agentes da protecção civil nas ruas a fiscalizar o cumprimento das medidas restritivas pela saúde pública. E, segundo sugerem através do Radar, a ordem tem de ser clara: aplicação de pauladas, no ritmo quente da música «kutxi pó», sem medo àqueles que não cumprem a lei. Mais, prosseguem eles, os prevaricadores devem ser colocados na cela, caso reclamarem da intervenção das autoridades. Radar só fiscaliza. Ficam estas sugestões para as autoridades competentes!

Guerra de galos –I

Prossegue a guerra de galos com o início da X Legislatura. Depois da sessão constitutiva da Assembleia Nacional com a rejeição de Jorge Santos, Orlando Dias e Mirceia Delgado para a Mesa da AN, a disputa conheceu mais uma etapa de prolongamento, entre os ventoinhas, esta semana, ao nível da bancada parlamentar. O advogado João Gomes, como candidato da cúpula do MpD, está a comemorar a vitória, conseguida com muito suor e por uma margem apertada de apenas um voto de diferença em relação à lista adversaria liderada pelo deputado radical Emanuel Barbosa. Como descrevem Atenas do Radar nos corredores do parlamento, o galo ventoinha, logo que soube dos resultados que o colocou no poleiro, cacarejou a vitória, mesmo com aquele jeito «gago» como Gomes normalmente expressa. Nos boka ka esta lá!

Guerra de galos –II

Tudo aponta que a guerra entre « boys e girls» do MpD está longe de chegar ao seu fim. Segundo um olheiro do Radar, elementos da equipa derrotada confidenciam, a pessoas de suas relações, que o Djone pode cacarejar a vilória desta batalha, mas alertam que a guerra está ainda por ser ganha. Aliás, Orlando Dias já tinha avisado, aos «traidores» no parlamento e no governo, que haverá consequências imprevisíveis. Será que o grupo está a preparar o chumbo da Moção da confiança e do programa do Governo serem aprovados na AN? Radar só espera que não seja conversa para fazer o boi dormir!

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project