OPINIÃO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Melhorar o desempenho profissional 28 Dezembro 2019

A formação profissional não deve ser vista como uma obrigação legal mas sim como um investimento de valor. Ao investir no desenvolvimento das suas próprias competências ou nas competências dos seus colaboradores estará a colocar-se na rota do sucesso através de uma melhoria significativa de desempenho.

Por: Adrião Simões Ferreira da Cunha*

Melhorar o desempenho  profissional

Um dos desafios que estão presentes na rotina dos profissionais que desejam sucesso é o de aumentar seu desempenho profissional, melhorar a sua produtividade sem, é claro, perder a sua qualidade de vida.

Pode parecer uma contradição e que estas metas caminham em direções opostas, entretanto é a sua junção que faz com que os resultados sejam potencializados.
Digo isso porque tudo está interligado. Quando, por exemplo, estamos focados em maximizar a nossa performance no trabalho e algo em âmbito pessoal está fora de lugar, é provável que isso acabe atrapalhando a nossa produtividade. Por outro lado, quando estamos indo bem pessoalmente, mas bloqueios estão-nos impedindo de avançar na carreira, é hora de ver o que está acontecendo.

Trouxe estes exemplos para que se possa entender melhor que para aumentar as possibilidades de ser mais eficiente é essencial procurar, em primeiro plano, o equilíbrio. Ou seja, organizar a vida de modo que todas as partes favoreçam o crescimento e o aumento progressivo da produtividade.

Quer potencializar os seus resultados e melhorar o seu desempenho profissional? Confira algumas dicas poderosas de como organizar a sua vida nesta direção e melhorar os seus resultados em se tratando de produtividade. Continue lendo e confira: Existem certos momentos que não dão apenas para olhar para a frente e projetar o futuro. É preciso olhar para trás e rever aquilo que deu certo e, especialmente, o que não saiu como o esperado em relação à sua performance no trabalho e resultados no INE.

Para progredir, faça isso agora mesmo. Será que adiar a realização daquele curso na sua área foi mesmo bom? Será que as redes sociais atrapalharam a ter mais foco? Será que atrasou muitas entregas? Será que seu gestor percebeu seus esforços? Reflita sobre estas e outras questões. Liste os comportamentos positivos e negativos e procure eliminá-los de vez.

É muito importante tomar consciência dos comportamentos que podem estar atrapalhando ou boicotar a sua produtividade e procurar corrigi-los quanto antes. Assim poderá melhorar o seu desempenho, ter atitudes mais produtivas e aumentar os seus resultados. E o melhor, não repetir falhas que limitam os resultados e o sucesso.

Peça ao seu gestor feedbacks em relação ao seu trabalho e quanto à sua produtividade, buscando obter ali informações sobre os aspectos que pode melhorar. Esta conversa pode ser um bom momento também para mostrar o seu comprometimento, falar que deseja oferecer ainda mais à instituição.

Também é a possibilidade de dar-lhe também um retorno quanto a, por exemplo, a necessidade de ter computadores mais novos com sistemas mais rápidos e de mostrar como isso poderia influenciar não apenas em sua produtividade, mas nos resultados de toda instituição.

Organize a sua vida pessoal de modo que não interfira constantemente na sua produtividade no trabalho. Às vezes, com filhos pode ser um grande desafio, entretanto, é importante cercar-se de pessoas que lhe possam dar este suporte, de modo que possa exercer bem o seu papel profissional e pessoal, sem que um comprometa o outro.

Empoderamento é o mesmo que dizer – tenha mais confiança em si mesmo, pois isso é essencial para mostrar o seu valor à instituição, ao compartilhar as suas opiniões, apresentar um projeto, para mostrar que tem capacidades e habilidades essenciais e que sabe o que fazer com elas para ajudar a alavancar os resultados da instituição.

Quanto mais capacitado a exercer as suas funções, mais seguro e confiante estará para realizar o seu trabalho e oferecer o seu melhor desempenho à instituição. Para isso invista em cursos, workshops, palestras, bons livros, e tenha acesso a bons conteúdos que vão ajudar no seu desenvolvimento e aprimoramento profissional e humano.

A gestão do tempo é uma aliada não apenas da produtividade, mas de tudo na nossa vida profissional, pois é o que nos faz ser mais eficientes nas nossas tarefas, otimizar a realização do nosso trabalho e conseguir fazer mais coisas, com qualidade, e em um período menor que os demais. Para isso elimine a procrastinação da sua rotina, os comportamentos sabotadores e faça da boa administração do tempo a melhor amiga do seu sucesso na carreira.

Invista em formação, neste fantástico processo de desenvolvimento profissional e aceleração de resultados e impulsione a sua produtividade e maximize o seu desempenho na carreira poderosamente já este ano de 2019 e em todos os anos do seu percurso profissional.

Na era da economia do conhecimento em que se trata a informação como mercadoria e bem de produção necessários às atividades económicas, a educação é cada vez mais essencial.

É fácil compreender que o desempenho dos trabalhadores do conhecimento (profissionais com elevado grau de formação ou experiência e cujos níveis de desempenho são essenciais para a organização atingir os seus objetivos) é crítico para o sucesso de atividades baseadas no conhecimento.

O que já não é tão fácil de aceitar, apesar de ser uma realidade, é que a economia do conhecimento se banalizou ao ponto de estar presente em quase todos os negócios.

Neste contexto, é cada vez mais relevante o incremento do desempenho dos colaboradores de qualquer instituição, em qualquer ramo de atividade. Como disse um dia Peter Drucker, “o desafio é conseguir que pessoas comuns tenham desempenhos incomuns”, este é um dos desafios que os profissionais de Recursos Humanos enfrentam na atualidade.

Num mundo em que a volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade estão sempre presentes, imerge a necessidade da formação profissional contínua.

A atualização de conhecimentos ao longo das nossas vidas é hoje fundamental para todos aqueles que querem crescer tanto enquanto pessoas como enquanto profissionais, bem como para as instituições que pretendem ser mais competitivas.
Para exponenciar este crescimento devemos procurar aprender com os melhores dentro de cada área.

A formação profissional não deve ser vista como uma obrigação legal mas sim como um investimento de valor. Ao investir no desenvolvimento das suas próprias competências ou nas competências dos seus colaboradores estará a colocar-se na rota do sucesso através de uma melhoria significativa de desempenho.

Atualmente é notório que o paradigma da formação profissional está a mudar, esta já começa a ser vista como um importante veículo de valorização, quer para as pessoas quer para as instituições.

Assim, a formação profissional deixou de ser encarada pelas instituições como uma mera obrigação legal, mas sim como um veículo para melhorar o seu desempenhocomo um todo. Para as pessoas também deixou de ser vista como uma perda de tempo, o que se reflete sobretudo na postura mais aberta com que estas frequentam a formação, transparecendo até alguma paixão por aprender.

Para finalizar, deixo-vos dois fatores que reforçam a importância da formação profissional: Incrementa a produtividade e rentabilidade: A ainda baixa taxa de qualificação de muitos Caboverdianos, quando comparada com a maioria dos países europeus, é um problema socioeconómico do país impossível de esconder ou ignorar. Muitas vezes, as instituições acabam assim por refletir essa problemática nos níveis baixos de produtividade e rentabilidade. A formação profissional contínua é uma das soluções para elevar os níveis de produtividade e rentabilidade.

Reaviva e atualiza conhecimentos: A formação profissional é importante para fazer uma atualização dos conhecimentos adquiridos. Além disso pode manter os profissionais atualizados sobre as mais recentes tendências, legislação, tecnologias e exigências práticas para as suas ocupações profissionais, contribuindo assim de forma positiva para a capacidade de inovação e adaptação que se tem revelado verdadeiramente crucial para as instituições.

Lisboa, 23 de Dezembro de 2019
— -
*Estaticista Oficial Aposentado, Antigo Vice-Presidente do Instituto Nacional de Estatística de Portugal

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project