DESPORTO

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Ministro defende modelo “perene” de financiamento do desporto cabo-verdiano 15 Novembro 2022

O ministro do Desporto, Carlos Monteiro, defendeu hoje, na Cidade da Praia, a criação de um modelo “perene” para o financiamento do desporto cabo-verdiano.

Ministro defende modelo “perene” de financiamento do desporto cabo-verdiano

A ideia foi manifestada no discurso de abertura da palestra intitulada “Organização e mecanismos de financiamento do sector do desporto cabo-verdiano”, organizado pelo Instituto do Desporto e da Juventude (IDJ).

“Temos que ter um modelo que na altura de elaboração do Orçamento do Estado não estejamos a ver a forma de mobilizar recursos para o desporto”, explicou Carlos Monteiro, apelando a um debate com a comunicação social e com as academias.

O ministro lembrou, contudo, que o Governo assumiu para esta legislatura o objectivo de estruturar o desporto cabo-verdiano, “que passa pela definição do seu modelo de financiamento”.

“Demos um sinal com o Orçamento do Estado para 2023, com a consignação para o desporto e juventude de uma verba da taxa sobre o tabaco e álcool”, exemplificou Carlo Monteiro, apontando que este é o caminho a explorar, através de modelos que podem ser aplicados em Cabo Verde.

De acordo com o governante, é preciso perceber quais são as receitas do Estado que devem ser consignadas ao desporto cabo-verdiano.

“A partir daí, podemos garantir um quadro de maior previsibilidade dos recursos financeiros que temos ao dispor durante todo o ano civil”, esclareceu.

Carlos Monteiro acrescentou ainda que um dos objectivos da sustentabilidade do desporto é trabalhar numa base factual e na análise e definição de políticas, referindo-se à importância do Censo do Desporto.

Por outro lado, enalteceu o trabalho da comunicação social e deixou para o debate a criação de uma forma de subsidiação da imprensa desportiva.

Por sua vez, o administrador do IDJ, Graciano Sena, salientou a importância da realização desta palestra, por o desporto ser um fenómeno social “extremamente” importante em vários sectores da sociedade.

Em relação ao tema do encontro, este responsável defendeu que se trata de um dos grandes desafios para o país, principalmente na participação em grandes eventos desportivos internacionais.

“É preciso encontrar formas para que estejamos presentes em competições desportivas internacionais obrigatórias”, apelou Graciano Sena.

Por sua vez, o presidente da Associação Sindical dos Jornalistas de Cabo Verde (AJOC), Geremias Furtado, enalteceu a importância da realização deste debate, bem como da classe jornalística na divulgação do desporto.

Para Geremias Furtado, tendo o financiamento do desporto é possível também pensar e debater esse assunto em relação aos órgãos desportivos.

Este encontro é organizado pelo IDJ, no âmbito das comemorações do Dia do Desporto Cabo-verdiano, que se celebra em 13 de Novembro.

A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project