LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Moçambique: Freira italiana assassinada em ataque à missão de Nampula, que ISIS reivindica 10 Setembro 2022

O ISIS-Estado Islâmico reivindicou o ataque esta sexta-feira, mais de 48 horas depois do ataque à comunidade comboniana de Chipene, na província de Nampula que vitimou a missionária Maria de Coppi. A igreja, dois lares, as casas dos religiosos, o centro de saúde e alguns armazéns ficaram destruídos.

Moçambique: Freira italiana assassinada em ataque à missão de Nampula, que ISIS reivindica

A religiosa Maria de Coppi (foto),de 83 anos, vivia há 59 anos em Moçambique. Entrevistada em outubro último, alertou para a "situação grave" pela miséria e pela presença de "grupos extremistas religiosos e criminosos que disputam as reservas de gás".

A comunidade comboniana de Chipene, missão católica formada por quatro religiosas — duas italianas, uma colombiana e uma togolesa — acolhe deslocados em fuga aos ataques de yerrorisyas djihavistas que nos últimos anos têm aterrorizado as populações do norte de Moçambique.

Fontes: Avvenire.it/ Relacionado: Moçambique: Al-Shabab controla base militar próxima das reservas de gás, 24.mar.020; Moçambique: "Degola" de crianças por al-Shabab, 17.mar.021; Moçambique: Presidente acena com amnistia a membros do Al-Shabab e outros militantes, 05.fev.021. Fotos: Irmã Maria de Coppi. O projeto do grupo francês Total, de exploração de gás nas proximidades da vila de Palma.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project