LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Moçambique: Grupo armado rapta empresário à porta de loja de móveis de Maputo 02 Novembro 2022

Um grupo armado desconhecido raptou hoje um homem em Maputo que a imprensa local identifica como um dos proprietários de uma das principais lojas de mobiliário da cidade, engrossando a lista de sequestros de empresários na cidade.

Moçambique: Grupo armado rapta empresário à porta de loja de móveis de Maputo

A Lusa revela que o homem foi intercetado por um grupo armado pelas 10:00 (08:00 em Lisboa) depois de estacionar à porta da loja, na avenida de Angola, indicou um segurança privado que presenciou o rapto.

Um [dos raptores] saiu com uma AK47, correu para a porta e mandou um guarda e um cliente deitarem-se" no chão, levando a vítima numa viatura de carga de dupla cabine, explicou ao canal de televisão privado STV.

A Lusa contactou o Serviço de Investigação Criminal (Sernic) da polícia moçambicana, mas não obteve esclarecimentos.

Maputo e outras cidades moçambicanas, principalmente as capitais provinciais, voltaram a ser palco de uma onda de raptos desde 2020, visando principalmente empresários ou seus familiares.

A procuradora-geral da República, Beatriz Buchili, referiu em maio que “alguns” agentes da polícia, investigadores, advogados e magistrados são suspeitos de envolvimento nos raptos, acrescentando que os crimes têm vindo a aumentar, com ramificações na África do Sul.

Segundo a dirigente, as vítimas são “constantemente chantageadas” mesmo depois de libertadas, continuando a pagar quantias em dinheiro para garantir que não voltam a ser raptadas, refere a fonte deste jornal.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project