LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Moçambique: Presidente acena com amnistia a membros do Al-Shabab e outros militantes 05 Fevereiro 2021

O presidente Filipe Nyusi prometeu ontem, quarta-feira, 3, que todos os militantes islamitas que se renderem serão poupados a retaliações para poderem voltar em paz para as suas casas.

A amnistia — oferecida na sessão solene em que se celebrava os heróis nacionais moçambicanos — estende-se também aos cidadãos que se juntaram a uma "organização de militantes aliada ao partido da oposição, Renamo".

Militantes djihadistas mataram largas centenas de habitantes de Cabo Delgado, nos conflitos que desde 2017 assolaram a região tida como uma das maiores reservas mundiais de gás. 570 mil pessoas foram obrigadas a fugir da região, em busca de refúgio.

Maiores reservas mundiais de gás

Investidores externos entre os quais avultam a americana Anadarko Petroleum Corpe a italiana Eni, mas também desde 2015-16 a russa Gazprom estão a todo o gás em Moçambique, anos depois de ter o Banco Mundial revelado no seu relatório relativo a 2013 que "as reservas de gás natural em Moçambique" podem ultrapassar os 2,8 mil milhões de toneladas (um número que se escreve com 13 dígitos).

É inevitável fazer a ligação entre a descoberta das maiores reservas mundiais de gás e os ataques armados "djihadistas" com centenas de mortes na província de Cabo Delgado. Foi em outubro de 2017 que surgiram as notícias de ataques em Mocímboa da Praia, Cabo Delgado (Moçambique: 30 mascarados armados que assaltaram Comando da PRM e mataram dois polícias serão de filial do Estado Islâmico, 30.out.017).

Seguiram-se diversos outros ataques, com destaque para o de novembro de 2019, ao norte de Cabo Delgado, que fez oito mortes, das quais as de cinco soldados na localidade de Mengaleuwa, Chitunda, 150 quilómetros a sudoeste da Bacia do Rovuma (foto), onde estão as jazidas de gás natural.

Fontes: O Dia.mz/BBC/DW.de/outras referidas. Relacionado: Moçambique: Morreram 12 "mercenários russos ao serviço (oculto) do Estado" — Subjaz luta pelas maiores reservas mundiais de gás, 04.dez.019.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project