LUSOFONIA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Morreu o antigo ministro de Salazar e líder do CDS Adriano Moreira 23 Outubro 2022

O antigo presidente do CDS Adriano Moreira morreu hoje aos 100 anos, confirmou hoje à Lusa fonte do partido.

Morreu o antigo ministro de Salazar e líder do CDS Adriano Moreira

A notícia foi avançada pelo DN e confirmada à agência Lusa por fonte do CDS, revela a EN.

O ministro dos Negócios Estrangeiros enviou condolências aos familiares e amigos de Adriano Moreira, destacando a reflexão permanente do ex-ministro e deputado sobre o papel de Portugal no mundo.

"As minhas condolências aos familiares e amigos de Adriano Moreira, que ao longo de muitas décadas teve sempre disponibilidade e abertura de espírito para pensar sobre o lugar de Portugal no mundo", escreveu João Gomes Cravinho na rede social Twitter.

O antigo presidente do CDS morreu hoje aos 100 anos, confirmou à Lusa fonte do partido.

Com 100 anos completados em 06 de setembro passado, foi condecorado pelo Presidente da República.

Nomeado pelo então Chefe de Estado António de Oliveira Salazar, Adriano Moreira foi ministro do Ultramar no período da ditadura (1961-1963) e, já em democracia, depois de ter estado exilado no Brasil, foi deputado e presidente do CDS, chegou a ser também vice-presidente da Assembleia da República e manteve sempre a ligação à universidade e à reflexão em matéria de Relações Internacionais.

Em 2015 foi nomeado para o conselho de Estado, onde permaneceu até 2019, já com Marcelo Rebelo de Sousa em Belém e de quem recebeu as últimas condecorações, incluindo a Grã-Cruz da Ordem de Camões.

Tinha acabado de celebrar 100 anos de vida em setembro.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project