REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Mosteiros de luto: Morreu o antigo presidente da câmara Carlos Fernandinho Teixeira - político hábil de trato fino 26 Outubro 2022

A ilha do Fogo está de luto. Carlos Fernandinho Teixeira, autarca de Mosteiros de 2002 a 2020 e deputado da nação pela lista do PAICV, faleceu, na noite desta quarta-feira, 26 de Outubro, na cidade de São Filipe, aos 62 anos, vitima de doença prolongada. Político hábil, homem humilde de trato fino e amigo das pessoas, Mosteiros, Fogo e família do PAICV exprimem consternados com o seu desaparecimento físico.

Mosteiros de luto: Morreu o antigo presidente da câmara Carlos Fernandinho Teixeira - político  hábil de trato fino

Felizmente foi homenageado em vida pela Câmara Muncipal chefiada pelo Edil Fábio Vieira, num "ato que contou com a honrosa presença do Presidente da República José Maria Neves". Tudo em reconhecimento do trabalho que desenvolveu como autarca em prol do desenvolvimento do Município dos Mosteiros.

Politico hábil, homem humilde de trato fino e amigo das pessoas, Mosteiros, Fogo e família do PAICV lamentam, nas redes sociais, que ficaram consternados com o seu desaparecimento físico.

" Estando longe da terra, recebo esta noticia’ partiu para a eternidade, o nosso primo, amigo e companheiro de longos anos e de muitas jornadas, Carlos Fernandinho Teixeira!’ Um homem de fino trato, que deixou marcas indeléveis no processo de desenvolvimento dos Mosteiros. Um politico de excelência e com uma visão do futuro e um filho amado dos Mosteiros, da nossa ilha do Fogo e de Cabo Verde. Nesta hora de dor, apresento as minhas sentidas condolências e solidariedade a esposa Dona Luísa Teixeira, aos filhos Wilson, Waldir, Lisandra, Carlinha e Joia, aos irmãos, sobrinhos, tios, primos e demais familiares!", exprime consternado Jaime Monteiro, vereador da Câmara Municipal dos Mosteiros.

Por seu turno, Manuel da Luz, ex-Presidente da Comissão Politica Regional do PAICV do Fogo, realçou, na sua página de Facebook, em seu nome pessoal e no dos militantes da ilha: "perdemos uma pessoa de índole e de coração enorme. Saudades vai deixar caro amigo e companheiro de todas horas. Falta-me palavras para descrever como vai ser difícil" o seu desaparecimento físico.

Conforme escreve a Inforpress, a informação sobre a morte de Carlos Fernandinho Teixeira foi avançada por familiares e confirmada pela autarquia de Mosteiros, que está a produzir uma nota de imprensa neste momento sobre o falecimento de Carlos Fernandinho Teixeira - a data para cerimónia fúnebre está` ainda por ser indicada.

Percurso político de Carlos Fernandinho

O autarca regressou de Portugal a 12 de Agosto, onde se encontrava em tratamento médico. Carlos Fernandinho nasceu a 12 de Fevereiro de 1960, na freguesia de Nossa Senhora de Ajuda, Mosteiros.

Com formação em Gestão de Desenvolvimento Local, Planeamento e Urbanismo pela Universidade Aberta de Lisboa, antes de chegar à presidência da câmara foi professor do ensino básico integrado nas ilhas de São Nicolau e Brava (1978-1983) e do então ciclo preparatório (1991-94).

De 1994 a 1999 lecionou na escola secundária de São Filipe as disciplinas de Introdução à Actividade Económica.

Segundo ainda a Inforpress, enquanto autarca desempenhou as funções de deputado municipal do concelho do Fogo (1991/96) e com a criação do município de Mosteiros, integrou a equipa local do PAICV que viria a vencer as primeiras eleições locais, em 1996, tendo sido eleito vereador.

Exerceu um mandato e meio como vereador (1996/2002), seguindo para a presidência da câmara (2002), em substituição de Júlio Correia, cargo que desempenhou até 2020, tendo sido reeleito em 2004, 2008, 2012 e 2016, sempre com a maioria absoluta.

Desempenhou também a função de vice-presidente da Associação Nacional dos Municípios de Cabo Verde (ANMCV), cargo que já tinha ocupado entre 2002 e 2004.

Foi igualmente primeiro secretário da organização dos pioneiros Abel Djassi nas ilhas do Fogo e da Brava, secretário na Juventude Africana Amílcar Cabral (JAAC-CV) de 1990 a 1991 e de 1996 a 2002 desempenhou o cargo de primeiro secretário do PAICV, sector de Mosteiros, e nos últimos anos assumiu, a função de presidente da Comissão Política Regional do PAICV, no Fogo, e membro do Conselho Nacional e da Comissão Política Nacional do PAICV.

Conforme os registos. Carlos Fernandinho Teixeira participou em vários fóruns e eventos como o congresso da Associação dos Municípios Portugueses, o congresso dos municípios ultraperiféricos de Acções, Madeira e Cabo Verde, bem como no fórum social mundial em Belém do Pará, Brasil (2009) e no fórum regional de Dakar.

Foi homenageado pelo antigo Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, com a medalha de mérito de primeira classe pelo trabalho desenvolvido ao longo dos anos em prol do desenvolvimento do país.

A Câmara Municipal dos Mosteiros homenageou no passado dia 12 de Agosto e no quadro das atividades do Dia do Município, aquele que durante mais de 20 anos exerceu as funções de autarca dos Mosteiros, entre vereador e presidente da câmara. A homenagem contou com a presença do Presidente da República, José Maria Neves e com este acto a autarquia dos Mosteiros quis reconhecer os “relevantes serviços prestados ao município, do empenho e do excepcional espírito de abnegação com que Fernandinho Teixeira desempenhou as funções de presidente da Câmara Municipal, entre 2002 e 2020.”

Na altura, o primeiro presidente da câmara de Mosteiros e antecessor de Carlos Fernandinho Teixeira, Júlio Correia, destacou que em boa hora Mosteiros homenageou Carlos Fernandinho, tendo confessado não lhe ser fácil, por falta de distanciamento emocional, escrever sobre o seu familiar, amigo e companheiro, Carlos Fernandinho Teixeira, “ora em momento difícil de saúde”, qualificando-o como “um grande patriota cabo-verdiano, um incondicional filho da ilha do Fogo, um comprometido com o desenvolvimento dos Mosteiros e um autarca que deixou marcas indeléveis e transcendentes”, conclui a Inforpress.

Enfim, morreu o homem, mas fica a obra. Adeus, Carlos Fernandinho, que foi um grande amigo e admirador do jornal A Semana, cujo coletivo apresenta as suas sentidas condolências à família.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project