POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Mosteiros: “Primeiro ano do mandato foi positivo apesar da crise pandémica e atraso na transferência de recursos” – Fábio Vieira 19 Novembro 2021

O presidente da Câmara Municipal dos Mosteiros, Fábio Vieira, classificou de positivo o seu primeiro ano de mandato, apesar dos efeitos da crise pandémica e “atraso na transferência de recursos” por parte do Governo.

Mosteiros: “Primeiro ano do mandato foi positivo apesar da crise pandémica e atraso na transferência de recursos” – Fábio Vieira

Não obstante estes contratempos, Fábio Vieira disse que a câmara conseguiu “responder às demandas impostas, honrar os compromissos da anterior administração e materializar alguns projectos importantes para o município”.

Como exemplo, mencionou a instalação do museu do café, o arrelvamento do campo de Ribeira do Ilhéu, conclusão da praça de Amadora em Queimada Guincho, requalificação da Orla Marítima do Beco, instalação do gabinete do migrante e da ouvidoria municipal, entre outras actividades realizadas”.

O autarca considerou que sendo o primeiro ano de mandato, como um ano de estreia e de imposição de uma determinada visão e agenda para promover o desenvolvimento do município, “muito dificilmente se consegue materializar projectos de grande dimensão”, não por falta de vontade política, mas sobretudo pelas contingências impostas pelo próprio processo de governação, que é “complexo”.

Fábio Vieira disse ainda que apesar das contingências impostas pela crise pandémica, a sua equipa conseguiu montar uma engenharia financeira, que lhe permitiu retomar algumas obras.

O presidente da câmara dos Mosteiros destacou as obras de arruamento em Casa Cutelo, construção da via de acesso a Queimada Cima, em Relva, arruamentos em Queimada Guincho, conclusão das obras no campo de Ribeira do Ilhéu, construção de 20 casas de banho, reabilitação de 15 moradias de famílias carenciadas e ligações domiciliárias de água, entre outras.

“Estão lançadas as bases para que a partir do próximo ano económico iniciemos uma nova era no processo de desenvolvimento do nosso município. Muitos projectos que temos em carteira para o ano de 2022, certamente, colocarão Mosteiros na senda do desenvolvimento sustentável”, concluiu o autarca, ao fazer o balanço do seu primeiro ano de mandato. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project