POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

MpD preside grupo dos deputados Pan-africanos dos partidos políticos filiados na IDC 31 Outubro 2018

O Movimento para a Democracia (MpD) foi eleito presidente do grupo dos deputados Pan-africanos dos partidos políticos filados na Internacional Democrática do Centro (IDC), cuja assembleia constitutiva teve lugar no dia 27 de Outubro, no Ruanda.

MpD preside grupo dos deputados Pan-africanos dos partidos políticos filiados na IDC

A informação foi avançada hoje pelo secretário-geral do MpD, Miguel Monteiro, numa conferência de imprensa na Cidade da Praia onde falou também da próxima reunião da IDC que terá lugar na ilha do Sal nos dias 26 e 27 de Novembro próximo.

Segundo Miguel Monteiro citado pela Inforpress, a criação desse grupo é uma forma de a IDC África “acentuar” o seu passo no sentido de ter ideias comuns e mais fortes no Parlamento Pan-africano.

“A IDC é uma família política grande e aquilo que pretendemos é que essas ideias e essa forma de pensar sejam aprofundadas no continente africano através desse grupo de deputados do Parlamento Pan-Africano”, realçou.

“Aquilo que se pretende é que cada vez a África, que é um continente que a nível da democracia está um pouco mais atrás, siga os caminhos das democracias mais desenvolvidas e Cabo Verde, por ser o presidente e ter esse papel, está a alavancar essas oportunidades”, acrescentou.

Durante a reunião de Outubro foram aprovados os estatutos e realizadas as eleições dos órgãos, tendo o MpD sido eleito para presidir a agremiação.

Para o cargo de primeiro-vice-presidente foi escolhido o Ressemblements des Republicanis, RDR, Cote d’ Ivoire e para segundo vice-presidente a União Nacional para Independência Total de Angola (UNITA). Ao Partido da Renovação Democrática (PRS) da Guiné Bissau foi-lhe atribuído a responsabilidade de coordenar o Comité Executivo.

Segundo Miguel Monteiro, foi ainda aprovada, por unanimidade, uma proposta em que a Assembleia-Geral delega na presidência do Grupo IDC-África, na pessoa da deputada do MpD Lúcia Passos, poderes para praticar todos os actos necessários à outorga da escritura de constituição do grupo IDC – Africa junto das autoridades cabo-verdianas.

O grupo será apresentado na reunião da IDC que terá lugar na ilha do Sal, 26 e 27 de Novembro e para a qual já confirmaram a presença os partidos políticos de Argélia, Angola, Alemanha, Brasil, Cambodja, Chile, Colômbia, Cuba, Hungria, Líbano, Peru, Portugal, São Tomé e Príncipe, Eslovénia, Espanha, Arménia, Azerbeijão, Geórgia, Guiné Bissau, Guiné Conakri, Malawi, Marrocos, Roménia, Senegal Ucrânia e Venezuela, refere a Inforpress.

A IDC, recorde-se, foi fundada em 1961 e congrega mais de 80 partidos de centro-direita de todo o mundo.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade



Mediateca
Cap-vert

blogs

Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project