POLÍTICA

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

MpD promove “Semana da liberdade” em comemoração ao dia 13 de Janeiro 09 Janeiro 2023

O secretário-geral do Movimento para a Democracia (MpD- poder), anunciou hoje a comemoração do 13 de Janeiro com a “Semana da Liberdade”, uma iniciativa que o partido irá realizar com actividades de cariz político, recreativo, desportivo e ambiental.

MpD promove “Semana da liberdade” em comemoração ao dia 13 de Janeiro

Luís Carlos Silva fez este anúncio à imprensa, explicando que o objectivo é celebrar os ganhos que a data representa, mas também, promover debates à procura de respostas que possam contribuir para melhorar a participação política, cultural e democrática no país.

Uma das iniciativas, segundo avançou, é plantar um total de 32 árvores em cada um dos municípios, simbolizando assim, a celebração dos 32 anos da conquista da liberdade e democracia em Cabo Verde.

Do leque de actividades que marcam o dia 13 de Janeiro, Luís Carlos Silva destacou a realização de uma conferência internacional, cujo tema escolhido é “Democracia, um compromisso de todos”, contando com a participação de oradores nacionais e internacionais, marcada para quinta-feira, 12, na Assembleia Nacional.

O secretário-geral do MpD destacou ainda a “Caminha da liberdade”, que será realizada no dia 14 de Janeiro, com a trajectória Praia – Cidade Velha.

“O MpD exorta a todos os militantes, amigos, simpatizantes e a população em geral a participar nas actividades da semana da liberdade”, completou.

Em relação a 13 de Janeiro, Luís Carlos Silva disse tratar-se de um momento político que orgulha a todos pelo seu contributo na formação da identidade cabo-verdiana, mas ainda, acrescentou, pelo impacto que teve na percepção do país a nível internacional.

Lembrou que Cabo Verde ocupa a 32ª posição no ‘ranking’ do Índice da Democracia em 2021 da The Economist Intelligency Unit (EIY)” tendo como pontos mais fracos no indicador a participação política e cultura política, e a melhor pontuação no indicador é o processo eleitoral e pluralismo.

“Grande parte da população não conhece os propósitos ou o contexto onde surgiu 13 de Janeiro e convém visitar todo esse momento passado, mas também o contexto e os propósitos que levaram a esta data”, frisou.

O 13 de Janeiro é a data em que, pela primeira vez, em 1991, os cabo-verdianos exerceram o seu direito de voto nas primeiras eleições multipartidárias, após 15 anos em regime de partido único.

As primeiras eleições multipartidárias no arquipélago foram ganhas pelo MpD, partido que regressou em 2016 ao poder após 15 anos na oposição e ao qual a data está mais associada. A Semana com Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project