ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Mudar para Transformar Paul: Gestor público e licenciado em Ciência Política, Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira, é candidato do PAICV à Câmara Municipal 24 Junho 2020

«Mudar para Transformar Paul» é uma nova alternativa política suportada pelo PAICV à Câmara Municipal do Paul nas autárquicas de Outubro deste ano em Cabo Verde. O projeto é encabeçado pelo Gestor de projetos públicos e licenciado em Ciência Política, Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira, que foi, entre outras funções exercidas, Diretor Geral do Turismo e Coordenador da Unidade de Mobilização de Recursos e Assessor do ministro das Finanças e do Plano de Cabo Verde. A equipa de Pires Ferreira (filho) já estabeleceu como prioridade das prioridades da sua agenda económica o relançamento do sector primário local - com foco sobretudo na agricultura, na pecuária e nas pescas, bem com no turismo com forte aposta no empreendedorismo jovem - como sendo vocação desse concelho de Santo Antão, mas que se encontra, segundo ele, abandonado à sua sorte pela atual gestão do Edil António Aleixo.

Mudar para Transformar Paul: Gestor público e licenciado em Ciência Política, Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira, é candidato do PAICV à Câmara Municipal

Residente na Vila das Pombas, o líder de «Mudar para Transformar Paul» é da geração da independência nacional – nasceu a 21 de Março de 1973. Conhece bem o Município, isto como filho de uma das cabeças mais esclarecidas do mesmo concelho e de Santo Antão: José Manuel Pires Ferreira, licenciado em Administração de Empresas, conhecido como um dos defensores do desenvolvimento sustentável da Ilha das Montanhas.

De um vasto programa eleitoral, o candidato da maior força da oposição à chefia do executivo camarário de Paul já definiu as cinco grandes prioridades da sua equipa. Em primeiro lugar, quer «apostar vigorosamente na agricultura, na pecuária, nas pescas e no turismo». Tudo, segundo ele, com vista a despoletar a verdadeira vocação do Município, «que se encontra abandonada pela actual equipa camarária do Edil António aleixo», suportada pelo MpD.

«Mudar para transformar Paul» pretende ainda investir fortemente no empreendedorismo e na empregabilidade dos jovens e não só, bem como na densificação do tecido empresarial local, na perspectiva de se criar um melhor ambiente de negócios para o Concelho.

A terceira prioridade do mesmo projecto é investir, de forma determinada e consistente, em políticas públicas dirigidas para o enaltecimento da cultura do desporto nas terras do poeta Januário Leite.

Mas os desafios não ficam por aí. A candidatura de Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira à Câmara do Paul vai, por outro lado, apostar fortemente no ordenamento do território, no urbanismo, na habitação social, nas vias da comunicação, na mobilização de água e no saneamento básico.

A quinta grande prioridade da candidatura do PAICV à chefia do governo de Paul é investir, de forma determinada, na educação, saúde, infância, juventude e terceira idade, bem como em políticas públicas orientadas para uma maior e efectiva inclusão e solidariedade social.

«Vou aproveitar a minha experiência como antigo Coordenador da Unidade de Mobilização de Recursos e Assessor do Ministro das Finanças e do Plano para buscar, onde for possível, dinheiro para financiar os grandes projetos para o desenvolvimento do Paul», vai avançando o candidato do Partido da Independência à presidência da Câmara do Paul nas eleições de Outubro deste ano.

Gestor com experiência e licenciado em Ciência Política

Vivendo na Cidade das Pombas, Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira é um quadro superior com uma vasta competência técnica a nível do estado e da administração pública, bem como na gestão de projectos nas áreas da economia e finanças e no exercício da docência.

Conforme o seu currículo, o candidato do PAICV à presidência da Câmara Municipal do Paul nas autárquicas deste ano possui licenciatura em Ciência Política - Ramo Estado e Administração Pública, pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa (2001-2005).

Pires Ferreira filho já exerceu cargos de elevadas responsabilidades a nível do aparelho central do Estado e do sector empresarial privado. Neste particular, destaca-se como o antigo Secretário-geral da Câmara do Turismo de Cabo Verde (Fevereiro de 2015 a Agosto 2016). Contribuiu para o processo de recentragem institucional da Câmara do Turismo de Cabo Verde (CTCV), protagonizou uma gestão de proximidade e de auscultação dos anseios do setor privado, contribuindo, assim, para uma maior coesão do setor privado e dos associados da CTCV. Participou ainda no grupo de trabalho para a discussão de medidas que visam a mitigação dos efeitos da sazonalidade da procura turística por Cabo Verde, bem como em outros dossiês de igual importância (a nível da problemática do financiamento da economia, matérias susceptíveis de desconcentração de matérias, do Estado para as entidades do setor privado, entre outros).Contribuiu também para uma profunda recentragem institucional do Fundo de Sustentabilidade Social do Turismo (FSST), a nível dos projetos financiados e as prioridades relativamente ao co-financiamento dos projectos objeto de Memorando de Entendimento assinado entre o Governo, os Municípios do Sal e da Boavista, entre outros. Isto sem contar com o cargo de Diretor Executivo (Chief Executive Officer) / Diretor Operacional (Chief Operational Officer) e Coordenador de Projetos na “Prime Consulting SA”, Cabo Verde (de Fevereiro de 2013 a Agosto 2014).

Já a nível do Estado, Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira desempenhou várias funções relevantes. Foi Diretor Geral do Turismo (Junho 2009 a Setembro 2011). Na sua liderança, alavancou uma confiança institucional no Turismo de Cabo Verde, com profundo e efetivo envolvimento dos colaboradores da Direção Geral do Turismo, do Trade turístico nacional e dos operadores turísticos junto aos mercados emissores de Cabo Verde. Pires Ferreira filho introduziu para a Agenda de Transformação do Turismo de Cabo Verde a necessidade de uma reestruturação da Autoridade Nacional do Turismo (Termos de Referência para a criação do Instituto de Turismo de Cabo Verde). Tudo como forma de alavancar a competitividade do destino turístico Cabo Verde e aproveitar sinergias e oportunidades decorrentes da dinâmica experimentada.

Mobilizador de recursos junto de parceiros internacionais

Uma outra função de destaque que Carlos Miguel desempenhou foi o de Coordenador da Unidade de Mobilização de Recursos e Assessor do Ministro das Finanças Plano (2005 a 2009).Coordenou a priorização intersectorial (entre os vários ministérios e departamentos do Estado), com vista à mobilização de recursos financeiros necessários para a infra-estruturação social e económica de Cabo Verde. Segundo o seu currículo, contribuiu para a mobilização de 705.276.723 EUROS enquanto trabalhou no Ministério das Finanças, junto de Parceiros de Desenvolvimento. Por isso, participou e coordenou várias negociações de acordos de crédito (Banco Africano de Desenvolvimento, Banco Mundial, Banco Árabe para o Desenvolvimento Económico em África, Banco de Investimento e de Desenvolvimento da CEDEAO, Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola, Agência Francesa de Desenvolvimento, Fundo de Apoio ao Desenvolvimento – Espanha, Fundo Japonês para a Cooperação Internacional – agora reestruturada e designada apenas de JICA, EXIMBANK Import/Export China, Fundo da OPEC para o Desenvolvimento Internacional, Banco Europeu de Investimentos, Fundo Kuwait, Fundo Saudita, Fundo “ABU DHABI”, entre outros).

O candidato do PAICV à presidência da Câmara de Paul passou também pela docência, antes de desempenhar funções relevantes a nível da administração central do Estado e do sector privado. Trabalhou como como professor, tendo feito a chamada Segunda Fase de Formação em Exercício, correspondente ao atual professor de ensino básico nível-II (1994-1996 no extinto Instituto Pedagógico). Exerceu ainda a docência a nível do Ensino Básico e Complementar no Paul de Santo Antão (1993 a 1997) e em São Domingos de Santiago (1998 a 1999).

Fundador da JPAI e projeto Mudar para Transformar Paul

A nível político, Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira é conhecido como simpatizante do PAICV, principalmente no Paul onde já começou o combate político de terreno junto dos militantes e dirigentes do mesmo partido. Historicamente, Pires Ferreira filho foi o primeiro Presidente da Comissão Instaladora da JPAI - Juventude do PAICV, na Cidade da Praia, em 1992.

Escolhido como cabeça de lista do mesmo partido à Câmara Municipal de Paul, Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira quer agora implementar o projecto «Mudar para Transformar Paul», colocando à disposição desse concelho toda a sua competência e capital de experiência que adquiriu quando esteve a trabalhar a nível do aparelho central do Estado e do sector privado. A sua equipa já estabeleceu as cinco grandes prioridades para a sua agenda de desenvolvimento local, tendo como foco o sector primário (agricultura, pecuária, pescas) e o turismo.

Caso venha a ser eleito, Carlos Miguel Ribeiro Pires Ferreira promete fomentar o empreendedorismo e criar mais emprego para jovens e famílias desse município de Santo Antão, que tem como marcas relevantes a figura do poeta Januário Leite e a emblemática Estância Turística de Passagem, conhecida como “cartão postal” de Santo Antão.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade





  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project