REGISTOS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Munique’72: 50 anos do massacre junta presidentes alemão e israelita — Alemanha pede perdão 06 Setembro 2022

Os presidentes Frank-Walter Steinmeier (à esqª) e Isaac Herzog depositam uma coroa de flores durante a cerimónia que marca os 50 anos do ataque terrorista que matou onze atletas israelitas no Jogos Olímpicos de 1972, em Munique. Familiares das vítimas pressionaram pelo perdão e compensação material agora obtidos.

Munique’72: 50 anos do massacre junta presidentes alemão e israelita — Alemanha pede perdão

O presidente Frank-Walter Steinmeier na cerimónia de homenagem leu os nomes das vítimas um a um, perante as respetivas famílias.

Chega ao fim a luta de quase meio século, em que os familiares das vítimas pressionaram a Alemanha para que reconhecesse a responsabilidade do executivo pelos erros que conduziram ao massacre cometido por terroristas do autodesignado Estado da Palestina.

O montante da indemnização foi também objeto de litígio que se arrastou, porque a Alemanha persitia em pagar o total de 10 milhões de euros. O montante total hoje atinge os 28 milhões de euros (28 milhões de USD, nesta história desvalorização da moeda europeia).

Fontes: DW.de/AP/AFP/Times of ISrael/JPost/... Foto: (AFP): Neste 5 de setembro do quinquagésimo aniversário do massacre de 11 atletas de Israel, vítimas de terroristas palestinos, o presidente Frank-Walter Steinmeier (à esqª) pediu perdão ao presidente Isaac Herzog.

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project