ACTUALIDADE

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Processo-crime por suposta burla na compra e venda de terrenos no Mindelo: PJ realiza buscas e apreende vários documentos na Câmara Municipal, numa empresa e em residências de dois envolvidos no esquema 24 Agosto 2022

A Política Judiciária anuncia que, no decurso de investigações de um processo-crime por suposta burla qualificada que se relaciona com compra e venda de terrenos em S. Vicente, foram emitidos seis mandados de busca, revista e apreensão, expedidos pela Procuradoria da República e Tribunal Judicial da Comarca de São Vicente. Como consequência, a operação culminou, esta quarta-feira, com a apreensão de vários documentos, envolvendo a Câmara Municipal de São Vicente, uma empresa e duas residências pertencentes a dois envolvidos no processo.

Processo-crime por suposta burla na compra e venda de terrenos no Mindelo: PJ realiza buscas e apreende vários documentos na Câmara Municipal, numa empresa e em residências de dois envolvidos no esquema

Conforme o comunicado remetido a este jornal, a operação visava apreender vários documentos relacionados com o processo de compra e venda de terrenos e foi conduzida através do Departamento de Investigação Criminal do Mindelo da PJ - Brigada de Investigação de Crimes Econômicos e Financeiro (BICEF). "A Polícia Judiciária informa que, a pretensão desta operação, era de apreender contratos de compra e venda de terrenos, certidões, escrituras, recibos, cheques,projetos, entre outros, que se relacionam com o processo em instrução e ainda em fase embrionária".

Dando seguimento à referida operação, PJ assegurou que esta quarta-feira, 24 de agosto, realizou as seguintes ações: "1 – Busca, revista e apreensão à Câmara Municipal de São Vicente, na presença de uma Representante do Ministério Público, Procuradora da República da Secção de Crimes Económicos e Financeiros; 2 – Busca, revista e apreensão à uma empresa de imobiliária, pertencente à um dos implicados e com sede nesta Ilha; 3 – Busca, revista e apreensão a duas residências particulares pertencentes a dois dos implicados no mesmo processo - uma na vila piscatória de S. Pedro e a outra no bairro de Chã de Alecrim, na ilha de São Vicente".

Segundo garante a Polícia Judiciária, as buscas resultaram "na apreensão de vários documentos, equipamentos informáticos, contratos, plantas de localização,procurações, certidões de registo predial, certidões e escrituras da Câmara Municipal de São Vicente, entre outros documentos que serão submetidos a exame e avaliação por esta Polícia Científica".

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project