CORREIO DAS ILHAS

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Nações Unidas deverão financiar requalificação do Gabinete Fogo/Brava e instalação de um laboratório 02 Fevereiro 2021

O escritório conjunto do sistema das Nações Unidas em Cabo Verde deverá financiar a requalificação das instalações do Gabinete Fogo/Brava e criar as condições para instalação de um laboratório para análise e certificação dos produtos da região. Esta possibilidade foi analisada durante a visita que o chefe do escritório conjunto do sistema das Nações Unidas, Steven Ursino, efectuou às instalações do Gabinete Fogo/Brava.

Nações Unidas deverão financiar requalificação do Gabinete Fogo/Brava e instalação de um laboratório

A intervenção, segundo explicou, enquadra-se num projecto que esta instituição tem com todos os municípios, conhecido como programa das plataformas para desenvolvimento local, observando que inicialmente tinha um projecto de desenvolvimento regional, mas depois chegou-se à conclusão de que seria melhor realizar um projecto com “impacto maior” na região.

“Vamos desenvolver, neste âmbito, a requalificação do espaço do Gabinete Fogo/Brava e criar as condições para que se instale, neste espaço, um laboratório para cobrir todos os municípios da região para aumentar a qualidade e produção de queijo, vinho e outros, e, ter uma instituição que certifique a produção local e expandir a imagem e a marca da produção local, tanto a nível nacional como internacional”, salientou.

O chefe do escritório conjunto do sistema das Nações Unidas deslocou-se ao Fogo juntamente com responsáveis de outras instituições, nomeadamente do ministro da Família e Inclusão Social, para o encerramento da agenda 2020 das mulheres líderes do Fogo, e aproveitou para visitar as actividades em curso no quadro da plataforma local do município de São Filipe.

O programa, além das instituições do sistema das Nações Unidas, conta com a parceria da Cooperação Luxemburguesa.

A associação intermunicipal Fogo/Brava deve preparar uma planificação das actividades que pretendem implementar para ajudar na programação do financiamento por parte das entidades referiu Steven Ursino, sublinhando que o financiamento da reabilitação do espaço faz parte de um projecto regional para trazer “mais dignidade ao espaço, instalar uma agência de qualidade e aumentar a produção dos produtos locais.

Neste momento, a Associação Intermunicipal Fogo e Brava está a trabalhar dois projectos, sendo um de reestruturação do gabinete, que passa pela reestruturação do espaço, aquisição de equipamentos para departamentos a serem criados, nomeadamente de topografia e outros.

Há um segundo projecto que consiste na aquisição de duas câmaras de cura e meia cura para as duas unidades semi-industrial de produção de queijo, de Cutelo Capado e da Suifogo, e instalação de um laboratório de análise de qualidade de vinho e outros produtos, que ficará instalado no espaço de gabinete Fogo/Brava, que servirá às adegas da ilha.

A ideia neste momento é de adaptar os espaços existentes no Gabinete Fogo/Brava para instalar o laboratório.

Quer a reestruturação do gabinete como a aquisição das câmaras para cura e meia cura de queijos e instalação do laboratório de análise enquadra-se no âmbito do Programa das Plataformas para o Desenvolvimento Local e Objectivos 2030 em Cabo Verde gerido pela unidade de desenvolvimento local do Ministério das Finanças e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e financiado pelo Grão-Ducado do Luxemburgo. Asemana/Inforpress

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    publicidade

    Newsletter

    Abonnement

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project