INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

Narcotraficante inglês sob mandado Interpol detido em Lisboa — Estava fugido desde 2020 03 Maio 2022

Alex Male estava desde 2020 na lista de criminosos da Interpol como suspeito de tráfico de droga, branqueamento de capitais e detenção de armas proibidas. Foi descoberto pelo SEF no aeroporto de Lisboa no sábado 30.

As autoridades inglesas há dois anos que procuravam o indivíduo que suspeitavam ter fugido para a Espanha. Mas "um dos criminosos mais procurados em Inglaterra" tinha fugido para a Turquia.

No sábado, ao desembarcar de um voo proveniente de Istambul, Alex Male apresentou-se no controlo de identificação do aeroporto português com um documento de identificação emitido pelo Reino Unido, mas que levantou suspeitas.

Os inspetores do SEF ao recolherem os dados biométricos do inglês, com consulta às bases de dados policiais, fizeram disparar um alerta na Interpol.

As diligências que se seguiram, esclarece o SEF, permitiram confirmar que o passageiro era um criminoso procurado pelas entidades britânicas e que havia um mandado de detenção internacional com o nome dele.

Alex Male foi detido em julho de 2020, no âmbito da Operação Venetic, que encerrou o sistema de comunicações encriptado EncroChat, usado por grandes organizações de todo o mundo para planear e cometer os mais diversos crimes. Male é suspeito de liderar um cartel que traficava cocaína e ketamina, mas também de comprar armas de fogo ilegais e de "lavar" os lucros dos esquemas criminosos com recurso a estratégias financeiras ilegais. Utilizava sempre o sistema EncroChat para comunicar com os restantes elementos da rede.

Apesar das suspeitas, Alex Male foi libertado pelas autoridades inglesas e estava obrigado a cumprir medidas de coação que, entre outros deveres, o obrigavam a permanecer em Inglaterra. Contudo, em dezembro de 2020, fugiu do Reino Unido.

Turquia, não Espanha

Já no final de fevereiro deste ano, um alerta da Agência Nacional do Crime inglesa apontava que o traficante estaria escondido em Marbella, Espanha. "Alex Male é suspeito de explorar pessoas em todo o sudoeste de Inglaterra e de fugir para Espanha para viver do dinheiro que ganhou. Está na altura de ele regressar ao Reino Unido, para enfrentar as graves acusações contra ele", referia o inspetor Adrian Hawkins.

"A mínima informação — dada de forma anónima — pode fazer toda a diferença. A sua aparência e tatuagens distintas significam que as pessoas podem reconhecê-lo facilmente. Exorto qualquer pessoa que tenha alguma informação a fazer a coisa certa", pedia o mesmo polícia, alegando que "a Espanha é um dos destinos mais populares para os britânicos".

Fontes: BBC/JN

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project