INTERNACIONAL

A SEMANA : Primeiro diário caboverdiano em linha

’Neutra’ Suécia envia tanques e militares para Báltico perante ameaça russa 16 Janeiro 2022

A medida extraordinária deve-se ao aumento da "atividade russa" na região, justifica-se assim a quebra da neutralidade associada ao reino sueco. "As Forças Armadas estão a tomar as medidas necessárias para proteger a integridade da Suécia e demonstrar a nossa capacidade de proteger a Suécia e os interesses dos suecos", adiantou à AFP o ministro da Defesa, Peter Hultqvist, através de ’e-mail’.

’Neutra’ Suécia envia tanques e militares para Báltico perante ameaça russa

A presença este sábado de tanques e dezenas de militares armados suecos nas ruas da cidade portuária de Visby (foto), na ilha báltica de Gotland, acontece em resposta aos três navios russos a navegar no mar Báltico, após cruzarem o estreito do Grande Cinturão na Dinamarca esta semana, enquanto crescem as tensões entre a Rússia os Estados-membros da NATO-Organização do Tratado do Atlântico Norte.

"A partir de hoje seremos mais visíveis e estaremos em locais estratégicos importantes de caráter civil", declarou à televisão pública SVT Tomas Angshammar, porta-voz do regimento de Gotland, numa alusão ao porto e ao aeroporto da maior ilha da Suécia no mar Báltico.

Os p aíses ocidentais acusam a Rússia de ter acumulado tanques e dezenas de militares na fronteira com a Ucrânia nas últimas semanas, um prelúdio, segundo a NATO, de uma possível invasão.

A Rússia nega estar a preparar uma ofensiva militar e afirma que é uma resposta à crescente presença da Aliança Atlântica na sua esfera de influência.

A tensão entre a Suécia e a Rússia acentuou-se nos últimos anos, coincidindo com o início do conflito russo-ucraniano, com denúncias mútuas de violações do espaço aéreo, em particular pela parte sueca.

O incidente mais grave ocorreu em 2014, quando Estocolmo se referiu a uma violação do seu território por um alegado submarino estrangeiro, responsabilizando indiretamente a Rússia, mas a principal prova, diversas fotos disponibilizadas por civis, foi abandonada alguns meses depois.

Nos últimos anos, a Suécia intensificou a sua colaboração com a NATO, com a qual mantém um acordo de associação, e aprovou várias medidas para aumentar o orçamento da Defesa.

Fonte: AFP

Os artigos mais recentes

100% Prático

publicidade


  • Mediateca
    Cap-vert

    Uhau

    Uhau

    blogs

    Copyright 2018 ASemana Online | Crédito: AK-Project